06 maio 2011

Falcao TEM 17 golos europeus esta época

Persiste, em tão gravíssimo panorama de desinformação por ignorância (mais do que preguiça mental e esforço intelectual), radicada em editores ignaros e gente distraída e jovem nas redacções, com consequências nefastas transpostas para uma maioria de cidadãos habituados, pela tv, e os clichés, a ficar apenas com um ou outro soundbyte e lendo as "gordas" dos jornais, um erro clamoroso que muitos insistem em dar a Falcao apenas 16 golos na Liga Europa.


Não, Falcao marcou 17 golos, aquele ao Genk também conta, não vale nem meio golo nem zero golo. Os 16 golos em apreço são, apenas, para efeitos de a UEFA deixar igualados todos os competidores a partir da fase "inteira" da competição, ou como dizem os ingleses "the competition proper".

video


Falcao já tinha batido o recorde de Klinsmann de 15 golos só numa época (95-96) em todas as competições europeias, com os 4 golos da 1ª mão ao Villarreal, somando 16. No total, para todos os efeitos, Falcao tem 21 golos pelo FC Porto na Europa contando aquele na Bélgica a iniciar esta fantástica caminhada até à final de Dublin como era desejo de todos nós e objectivo assumido pela equipa. Da meama forma, o 4-2 e o 3-0 portistas no Play-off de acesso à Liga Europa não deixará de contar no currículo e, até, no peso dos pontos acumulados para o ranking do clube e de Portugal, ainda que desvalorizado em metade por ser na qualificação. Mas isso não desvaloriza os golos, que são creditados na mesma às equipas e aos jogadores.

A UEFA, para não fazer pender a balança dos marcadores para aqueles que, como antigamente, marcam 4 e 5 (já aconteceu até 6) golos aos mais fracos entre os fracos, decidiu premiar o goleador de uma competição apenas para esse efeito de distingui-lo considerando os seus golos desde a fase inicial que exclui as pré-eliminatórias.

Em 2009-2010, já agora, andou a ser propagandeado que Cardozo foi o melhor marcador da Liga Europa. Não foi, registou os mesmos 9 golos de Claudio Pizarro, do Werder Bremen, mas este saiu vencedor porque fez menos jogos: os alemães foram eliminados pelo Valência (1/8) antes do Benfica pelo Liverpool (1/4).

Tivessem contado os golos da pré-eliminatória, Pizarro seria creditado com 12 golos, pois fez três aos cazaques do Aktobe nas duas mãos. Mas tiraria partido dessa fase qualificativa que não está ao alcance de todos, no caso Cardozo. No currículo do peruano, porém, contarão os golos ao Aktobe.

Falcao tem 17 golos na Europa esta época, ainda que só 16 contem e valham o "título" de melhor marcador da época na Liga Europa, até ao momento, sem o currículo do jogador deixar de contar com o golo em Genk. Mas nos recordes das eurotaças, os 17 golos de Falcao constituirão, para sempre, o registo a considerar e que o distinguem como o maior matador de todos os tempos numa só época.

Eu sei que isto é um bocado inútil, a boçal Imprensa em geral passa estas coisas como quem come tremoços, sem rigor regulamentar nem conhecimento das coisas, as pessoas engolem o que lhes ditam e na final vamos ouvir falar do mesmo e retirar um golo a Falcao. Enfim...

Sem comentários:

Enviar um comentário