05 abril 2011

Haverá uma vantagem mínima de 20 pontos como em 2008 (título festejado faz hoje três anos)?

Sim, o céu já era azul (Radio Macau, 1987, ano de Viena)
video

mas há ainda muito mais aqui para ganhar debaixo do Sol



Faz hoje três anos que o FC Porto conquistou o título, o TRI, com 6-0 diante do E. Amadora, isto na semana em que pairava a ameaça de retirar 6 pontos ao FC Porto por um Pífio Final depois desmascarado no TAS de Lausana.

É não só bom recordar os grandes momentos como dar o mérito a quem o teve e o FC Porto somou mais 20 pontos do que o 2º (Sporting), 22 que o 3º (V. Guimarães) e 23 que o 4º (Benfica).

Um tributo a Jesualdo Ferreira, muitas vezes mal amado por alguns adeptos apesar de, na época seguinte, ainda ganhar a dobradinha, ficando como outro homem do TETRA e quatro anos consecutivos a passar a fase de grupos da Liga dos Campeões, em duas delas até aos 1/4 final.

Será boa altura para imaginar com quantos pontos terminará a presente época o FC Porto com vantagem sobre o 2º classificado (Benfica a 16 pontos), 3º (Braga, a 31) e 4º (Sporting, a 32).

Eu acredito que chegará aos 20 pontos de avanço também. Os lampiões vão "encostar" na Naval já a seguir, favorecendo o ex- Mozer, e ainda empatarão outro jogo qualquer. Para derrotas basta o que há. Ainda que as capas a "despachar" o Roberto possam ir a influenciar mais qualquer coisita...

20 valores, portanto. Nota máxima.


Nota do costume (adenda): nós a pensar que os números falam mais por si do que os túneis e os mergulhos silenciados e menosprezados da época passada para destacar-se desta feita um campeão sem mácula, mas há sempre cretinos e vinténs por todo o lado neste País de merda com gente a condizer e, o Rui agora no Expresso (porquê? nem sabia...) lá vem em prantos rotular, desta vez, o campeonato da violência http://aeiou.expresso.pt/rui-santos-e-a-vergonha-do-apagao-da-luz=f641824

apesar de o título querer dizer outra coisa... São as mensagens gratas ao arcanjo Gabriel: ó António, António...

1 comentário:

  1. Sempre respeitei o Jesualdo apenas não acreditava no seu futebol, muito defensivo para o meu gosto...E a verdade é que saído do Porto as coisas mantiveram-se complicadas...Com o plantel que tínhamos, muitíssimo bom -recordo apenas BAlves, Lucho, Quaresma, Lisandro-, deveríamos ter praticado outro futebol

    ResponderEliminar