04 dezembro 2011

Jesus estava offline e não lhe perguntaram sobre este penálti...

Mais uma vez, os pés-de-microfone e seus mandantes - e autores morais dos atentados à verdade desportiva e validade informativa escarrapachados nos pasquins do regime que nem em plena era do deboche garantem ser capazes de sobreviver ajoelhados - aceitaram o que o mascador de chicletes tinha para anunciar ao país que julgam querer ouvir pesporrência em mau português.
Ninguém perguntou a Jesus sobre o penálti escabroso de Nolito ou pelo menos se estava online ou offline para saber o que dizer. O profeta que tem prognósticos para quem joga de peito aberto com a sua equipazinha protegida pela APAF, sabe-se que tem uma forma muito sui generis de avaliar penáltis do Porto e do Sporting: não são! Não foi o do agarrão de Leonel Olímpio a Sapuanru em Guimarães e não foi o agarrão de Jardel a Onyewu. Why bother? 
video
Ao menos é coerente. Os dos outros são todos falsos, os nossos são à maneira.
Ao contrário do Paulo Baptista em 2010 no Nacional, a ver David Luiz cair "dentro" da área, desta vez Nolito caiu mesmo dentro da área... Querem o quê?
Ah, nota artística máxima. E ninguém a pedir um sumaríssimo nem que seja pela imoralidade clamorosa e para levar a castigar por tabela o pulha do árbitro de Portalegre. Matavam-se dois coelhos de uma cajadada, mas quem vai defender a verdade desportiva?

Sem comentários:

Enviar um comentário