20 dezembro 2011

Prantos, as letras não enganam e o cenário é bucólico como um hino à Verdade Desportiva!

O Público assume o "Querido Líder", estatuto certamente de referência para ser partilhado pelo Espesso.
Agora topem bem a convulsão da senhora feita kamikaze gueixa e atentem aos caracteres em rodapé, que fazem parte do idílio.
video
Calma, não foi ainda o enterro da Verdade Desportiva e seus paladinos aparvalhados. E as legendas não são as interpretações dos bimbos do Rascord sobre as coisas da arbitragem medidas pela simpatia portuense, mas canina, do Geninho para com os seus árbitros de estimação...

Nem é o choro partilhado pela opinião dessa abencerragem lusitana chamada Luís Campos a eleger Mourinho e Cristiano Ronaldo os melhores do mundo. Também contra todas as evidências e ao arrepio da História do futebol a Coreia do Norte segue definhando impante a sua marcha.
Consta na República, Democrática e Popular da Coreia que Laurentino Dias morreu um Grande Líder e Bernardino Soares já pode escrever um livro sobre a obra da dinastia dos Kim, com hipóteses de Quim Barreiros herdar alguma coisa de algum tio-avô...
Quando ouço algo de certos palermas em Portugal, tão retrógrados como o regime que a pudica Imprensa lusitana relata de tão comovente humanidade, de cabelos aos caracóis igualmente lentos a pensar, dá-me alegria por tão colorido friso de opiniões e a certeza de nem os piores batráqueos terráqueos escaparem à lei da vida morte.

De qualquer modo, no Verão li o livro de Barbara Demick sobre a vida (e a morte certa) na exemplar Coreia do Norte, onde se aprende o que é morrer de fome e os efeitos atinentes "a evidência televisiva aniquila friamente o que o momento fotográfico tão bem iludiu" - na idiosincrasia de Duarte Gomes - que só víamos na Etiópia e na Somália com as extremidades "desenvolvidas" como réstea de esperança de vida num corpo em estertor da morte.

Chávez já manifestou a sua comoção e por cá não faltam parcerias em condolências.

Cá para mim o culpado é o Carlos Queiroz pelos 7-0 do Mundial! Do treinador deles é que não se sabe sequer se alguma vez existiu... Também alguém sabe lá se o nosso ex-Querido Líder" estuda mesmo Filosofia em Paris e dá aulas de economês a la campagne...

Sem comentários:

Enviar um comentário