28 janeiro 2009

Final antecipada?

Convocados:
Guarda Redes: Nuno e Ventura
Defesas:
Benitez, B. Alves, Fucile, P. Emanuel
, Rolando e Stepanov
Médios: Bolatti, Guarín, Lucho, R. Meireles e T. Costa
Avançados:
C. Rodriguez, E. Farias, Hulk, Lisandro e M. Gonzalez

FCPorto - Leixões, 20h45 - TVI

VEJAM O JOGO EM DIRECTO AQUI NO BLOG A PARTIR DAS 20H45

19 comentários:

  1. Mais uma grande conferência de imprensa do Mister. Espero que os adeptos compareçam em maior número do que nos jogos da taça da liga, já que a bancada do Leixões deve encher.



    E agora algo de completamente diferente...


    «Mesquita Machado considera “uma vergonha” panorama actual do futebol português. Em conferência de imprensa, o ex-dirigente da Federação Portuguesa de Futebol disse estar disposto a divulgar ao Ministério Público os nomes das pessoas que alegadamente terão influenciado a escolha do árbitro para o Benfica-Braga.

    “Tive conhecimento de que teria havido algumas influências externas para a nomeação do árbitro” Paulo Batista para o Benfica-Braga. “Reservo-me para poder contar tudo o que sei quando a Procuradoria Geral da República abrir o inquérito, que creio será aberto, visto que o Sporting de Braga apresentou queixa”, disse Mesquita Machado.»
    In JN

    ResponderEliminar
  2. Supreende-me o Rodriguez estar nos convocados ou mesmo a treinar. Pelo que sei traumatismos cranianos teem efeitos de dificil avaliacao e e aconselhado repouso absoluto durante pelo menos uma semana.
    O Vukcevic parece que tambem ja treina quando ate chegou a perder a consciencia.

    ResponderEliminar
  3. Todos a torcer os dedos que seja esse mesmo o guarda-redes.

    ResponderEliminar
  4. Por acaso acho que o guarda-redes deve ser o Nuno. Ventura jogou na Taça da Liga (2), pelo que a opção de rotatividade de ser agora de Nuno, calculo eu...

    Até para efeitos de penáltis, eventualmente, é uma solução mais experiente.

    Eu estaria mais preocupado quanto ao trinco. Não sabia da lesão de Fernando, pelo que só pode ser Raul Meireles ali, Guarin no seu lugar e o resto tudo nos conformes.

    Se Cebola está recuperado, joga, claro.

    ResponderEliminar
  5. De qualquer modo, com novo guarda-redes e novo trinco, faz-me lembrar muito o jogo com o Leixões para o campeonato... É certo que, então, Nuno já vinha de jogar em Alvalade e na Sertã, mas acho que aquele jogo foi marcante para todos. E foi-o tanto que se seguiram mais duas derrotas.

    A juntar a estes maus presságios, o João "Pode ser o João" Ferreira...

    ... acho que vou ver que santinho se celebra hoje no calendário.

    Livra!

    ResponderEliminar
  6. Sim, sem dúvida, hoje o jogo é para ganhar!
    cumprimentos

    ResponderEliminar
  7. Zé Luís:

    Hoje é dia de S. Tomás de Aquino

    http://pt.wikipedia.org/wiki/Tom%C3%A1s_de_Aquino

    Também o FCP terá que ser sábio para ganhar ao Leixões :)

    ResponderEliminar
  8. Com o Nuno na baliza é mesmo para temer... Leixões e Dínamo de Kiev em casa e Naval e Nacional (taça da Liga) fora, 4 derrotas sempre com o mesmo guarda-redes...

    ResponderEliminar
  9. Aceito o Nuno na baliza já que este me dá a confiança suficiente para o lugar, sim, mesmo depois do JRP inumerar os jogos em que ele participou e terão corrido mal.

    Mas a minha aposta no Ventura é uma aposta em termos de futuro, acho que o Ventura deve jogar o mais possível seja que jogo for e sobretudo em jogo em que o Jesualdo resolve fazer descansar o Helton. O Ventura quanto a mim tem qualidades excelentes e só não é aposta já na equipa principal precisamente por estar tapado pelo Helton. De qq forma até penso que ele deveria neste momento já ser o GRedes principal e logo que seja possível vender o Helton que deve ter mercado internacional mais que suficiente para o FCPorto fazer um bom encaixe financeiro.

    Acho que o Jesualdo deveria assumir o risco de ter este GRedes menos experiente a titular, já que parece estar ali um novo Baía.

    Qt ao meio campo, e dados os riscos desta partida, a não ser a inclusão do TCosta ou do sempre amado pelo Jesualdo, o Mariano, não sei como poderia ser armado. Para mim neste momento e dados os convocados este é o melhor onze a ser apresentado.

    Um abraço.

    ResponderEliminar
  10. Boas
    Hoje vou ao dragão ver o jogo mas estou com algum receio do guarda redes.

    comparar o ventura ao vitor baia...
    o baia novo já mostrava outros argumentos... o ventura não tem poder de impulsão de grandes guarda redes para a sua estatura (casillas) nem a estrutura de um buffon/cech...
    Não me parece que seja uma guarda redes para ser titular do Fc Porto no futuro.

    ResponderEliminar
  11. Acho que com maior ou menor dificuldade o jogo de hoje é para ganhar, apesar do João Ferreira.

    Estou é curioso para saber a nomeação do apitador para Belém. É que temos 3 jogadores com 4 amarelos...

    ResponderEliminar
  12. Nelson eu disse que me parecia estar ali um novo Baía, não que ele o era.

    Ainda assim, não sendo eu expert na matéria e mesmo com opiniões divergentes qt ao Ventura, há algo de que tenho a certeza, se não houver uma aposta verdadeiramente séria no jogador, tal como aconteceu com o Baía por Artur Jorge, nunca se saberá o que ele poderá ser em termos de futuro e quanto a mim ele tem potencialidades.

    Um abraço.

    ResponderEliminar
  13. mário coluna, ex-capitão do benfica, esta terça-feira, no programa trio de ataque da rtpn.

    “Sempre me trataram por Sr. Coluna, sempre fui respeitado. Por exemplo, lembro-me bem quando Salazar me convidou para, ao lado dele, cortar a fita de inauguração da ponte [na altura com o nome do chefe de Estado e mais tarde rebaptizada de 25 de Abril]. No meu tempo, o Benfica nunca teve problemas com a arbitragem... ”

    dr. rui moreira, que grande oportunidade perdeu de dizer ao realizador que o coluna tinha acabado de demonstrar exactamente o que era o sistema e o clube do regime. é que naquele tempo o benfica não tinha problemas com os arbitros e os jogadores até iam inaugrar pontes com o salazar. mas isto foi so um pequeno exemplo.

    ResponderEliminar
  14. Penso que logo, com maior ou menor dificuldade, vamos ganhar e passar ás meias-finais da taça de Portugal.

    Pois como disse o nosso treinador este jogo pode ter 120 minutos e até penalties.

    Quanto aos jogadores, concordo com a inclusão do Ventura (gosto muito do miudo) na baliza e no meio campo é preferivel puxar o Raul Meireles para a posição de trinco.

    SAUDAÇÕES PORTISTAS

    ResponderEliminar
  15. Compreendo que o Rui Moreira, por uma questão de educação e cortesia com o Mário Coluna, não tivesse feito grande alarido na altura.
    Mas espero que em proximas oportunidades os comentadores afectos ao FCP não deixem de fazer grande alarido e publicidade à volta desta confissão do Coluna.
    Por exemplo, espero que o Sousa Tavares peque no tema já na proxima terça-feira na bola ou até mesmo amanha na TVI.
    Mais uma vez se lamenta a falta de "vozes", oficiais ou oficiosas,
    do FCP, pois teriamos o maior interesse em fazer um enorme barulho acerca desta declaração.
    Mas enfim...

    ResponderEliminar
  16. Quarta-feira, Janeiro 28, 2009
    7º Episódio Novela "APITO ENCARNADO"

    Já está disponível online o 7ºepisódio do programa campeão de audiências. Nada mais, nada menos do que a Novela: "APITO ENCARNADO".

    Neste episódio:
    - Será o "REALIJADOR" capaz de falar dizendo correctamente os "S".
    - Será que o Rui Moreira enervará o "REALIJADOR". Será que o Rui Oliveira e Costa também aludirá ao Calabote.
    - Como serão as participações de Fernando Seara, Guilherme Aguiar, Dias Ferreira, Manuel Serrão, Fernando Rio, Fernando Machado, Raul Lopes e do parolo de Santo Tirso?

    Tudo isso e muito mais em ... APITO ENCARNADO - SEASON 2009 D.C. - Ep.7.

    http://videos.sapo.pt/sInf7crFsoppHb4hh1Bl

    GdI (WWW.GUERREIROSDAINVICTA.BLOGSPOT.COM)

    ResponderEliminar
  17. Rui Moreira não podia fazer diferente do que fez. Obviamente, não iria suscitar uma controvérsia sobre o clube do regime que é para ser dirimida com APV, como se sabe dos antecedentes recentes.

    Também registei essa nota do Mário Coluna e não se iria beliscá-lo, para mais no seu país natal.

    Já agora, a frase correcta é:

    "O BENFICA NÃO TINHA CONTRATEMPOS COM A ARBITRAGEM".

    Eu até pensei que Coluna pretendesse dizer constrangimentos, mas vai dar ao mesmo e ficou claro, pela voz insuspeita e em directo para o cineasta ouvir, o que era o clube do regime com o exemplo de inaugurar a Ponte Salazar ao lado do então chefe do Governo.

    Rui Moreira percebeu perfeitamente e fez bem em não tocar o assunto.

    Já quanto ao cineasta... bem, deve ter sido por isso que não tardou o dilúvio tropical. Terá sido o cineasta a vociferar e alguém o ouviu?

    Eu até pretendia fazer um post sobre isso, mas alguém esteve atento. Por sinal apanhei essa parte, porque nunca vejo o programa arrancar e nem percebi a razão de ter sido feito em Moçambique.

    Para homenagear Coluna? Talvez por fazer anos? Não sei, mas aquilo pareceu-me Cuba quando liguei a pantalha, talvez Fidel tivesse convidado a RTP para a sua morte.

    Mas já deu para rir ao saber que estavam numa estação de combóios.

    Se "aquilo" não fosse pago, na RTP, com o dinheiro dos contribuintes, deveria dar para rir, mas fica o marco histórico de um programa inusitado que, sobre o fulcro das arbitragens, até se acabou por comprovar muito pouco do alegado favorecimento da arbitragem ao FC Porto em Braga, somandos os lances confusos e polémicos.

    Mas quanto ao clube do regime, espero que esta memória viva seja avivada em programa em solo luso.

    Para falar disso em sede de antigas Províncias Ultramarinas, lá teríamos de perguntar quantos jogadores do Benfica e do Sporting, que APV e ROC devem saber de cor e salteado sendo tão poucos senão nenhuns, foram à Guerra do Ultramar.

    Entre outros, como Seninho e Lemos de que me lembre, o Lemos foi bater os costados a Angola no ano em que marcou golos ao Benfica na Luz (2-2) e nas Antas (4-0).

    Isto fora os estágios em Lisboa da Selecção Militar, como o Reflexão Portista acabou de contar a respeito do conturbado final de campeonato em 1958-59 a anteceder o celebérrimo caso Calabote, só mais uma pantomina do regime que os adeptos vermelhos, à moda estalinista, tentam apagar da História.

    ResponderEliminar