08 setembro 2009

Mais do mesmo, chicote a estalar

Queirós "paga" erros crónicos da finalização, Ulisses sofre um despedimento improvável, o Sporting está em alta e o Allgarve também para o político da Liga...
Os articulistas lisbonenses - hoje atarefados entre os comentários politicamente correctos na televisão onde convém não dar cabo da figura e preservar o elã com ar de intelectual ainda que com manha indisfarçável, e as colunas dos pasquins locais onde atiçam a turba com considerações incapazes de transmitir em directo na pantalha - lá andam a azucrinar Queirós. Ora porque não sabe escalar o onze, ou porque se atrapalha nas substituições ao intervalo, os cronistas do regime revelam a sua faceta antiga: bater no seleccionador porque os resultados propiciam e amanhã Portugal deve ficar de fora do Mundial para gozo daqueles que preconizam fórmulas antigas de episódico sucesso (Mundial-66 com seleccionador e treinador de campo ou Euro-84 com um quadrunvirato de responsáveis que só por milagre não redundou em fracasso rotundo).
Eu perdi a vontade de postar após o frustrante empate de Portugal em Copenhaga e creio pouco na ajuda divina para a selecção se safar em Budapeste, para lá de depender de terceiros e a Suécia estar com a faca e o queijo na mão. Não é que Portugal não possa bater a Hungria... Mas também devia ter batido duas vezes a Dinamarca, não fosse uma inépcia no remate à baliza só igual à prosápia lisboeta de poupar os jogadores queridos na capital. E impede Portugal de se afirmar mesmo, em toda a plenitude com resultados e golos, como a melhor equipa do grupo de apuramento. Acho que vi de relance uma capa de jornal com o título adequado: aselhice. Uma vez pode ser azar, como em Alvalade com a Dinamarca, mas duas vezes não é coincidência. Simão, em particular, não só não melhorou a finalização desde esse jogo há um ano, como conseguiu falhar duas vezes com exasperante "facilidade" o que Bendtner, em condições mais difíceis de controlo de bola e espontaneidade de remate, exemplificou de forma esmagadora, desta vez em Copenhaga.
Agora chovem argumentos, da táctica ao Liedson, mas não há treinador que resista a tão má veia goleadora. E Portugal até pode acabar em 4º lugar e numa das piores qualificações de sempre, se perder com a Hungria, isto logo após o apuramento sofrido e imerecido para o Euro-2008 onde também não ganhou aos principais rivais Sérvia, Polónia e até à Finlândia. Só se a Suécia fizer como sérvios (a perderem no Azerbaijão) ou finlandeses (batidos na Arménia) e belgas (derrotados no Cazaquistão), mas isso também seriam coincidências a mais e a sorte não bate à porta duas vezes, além de ter-se provavelmente esgotado no último lustro, para Portugal conseguir ser um dos 8 melhores segundos classificados e jogar o "play-off" de acesso ao Mundial-2010.
Indiferentes aos acasos que permitiram a Portugal prosseguir aos trambolhões nos últimos anos de enganos e devaneios vários, os cronistas do regime usam as estatísticas como os políticos os ventos favoráveis ou desfavoráveis da economia. Parecem em campanha eleitoral, feita de trapaças, mentiras e vídeo a expor maleitas antigas, não para melhorar o que está mal mas para acentuá-lo apenas como condição para merecerem o voto de confiança dos eleitores ou adeptos.
Não é novo este cenário, como ao chegar de férias e deparar mais atentamente a realidade envolvente se vê pelas capas dos jornais desportivos ou a primeira chicotada na I Liga ou a confirmação do voto de Hermínio Loureiro, recentemente agraciado lá no Allgarve, para nova final da Taça Lucílio em Faro.
A Imprensa dita desportiva converteu-se ao sportinguismo sabe-se lá porquê, em uníssono mas sem uma notícia sequer na 1ª página. Ou por revelar-se a "pena" do coitadinho de Alvalade que não tem dinheiro a jorrar no quintal, sem o expert bancário seu presidente ser capaz de conhecer o segredo do homólogo da Segunda Circular para financiar o futebol. Ou por o Sporting estar a fazer uma época pela positiva, como se atentam nas declarações das capas dos pasquins cheias de optimismo e confiança em conquistar algo de jeito.
Deu-se também a primeira situação de despedimento na I Liga. Não o Azenha depois de levar 8-1, porque a Direcção sadina veio em socorro assumir (parte) das culpas da montagem do plantel. Mas se isso fosse válido para proteger um treinador, era mais improvável que Aprígio Santos despedisse Ulisses Morais. Porque o líder da Naval não só deu a Ulisses o primeiro emprego como treinador há uns anos, mas por conta desse facto histórico e sentimental até ter pegado no "seu" treinador de afeição há quase dois anos e guiar a equipa da Figueira por águas calmas. Mas Ulisses sabe como são as odisseias do futebol...
Entretanto, depois de condecorado no Allgarve, o tasqueiro da Liga parece disposto a manter a final da taça da cerveja no elefante branco do fundo do País que não tem utilização decente, até com o escárnio do vizinho Olhanense que prefere jogar na sua casa, nem um hospital de jeito. Mas essa promessa política de não fazer estádios sem haver hospitais foi de Durão Barrroso... A política agora é outra e a final da Taça Lucílio é digna de ficar no sul, porque a competição parece pouco dizer ao resto do país. E o regime agradece, reverencial e silencioso.

28 comentários:

  1. Quanto à Naval, as declarações da direcção foram algo como "Nós tinhamos que fazer alguma coisa, os resultados não eram bons".
    Infelizmente, não é só no futebol que este tipo de gestão existe.

    ResponderEliminar
  2. Tens razão, nightwish. Infelizmente... é assim um pouco por todo o País nas mais diversas áreas.

    Mas o que não se entende é que nem a afeição particular do presidente evitou o chicote. E Aprígio é um homem de sucesso, um líder.

    ResponderEliminar
  3. Não me parece que a decisão tenha vindo do Aprígio. Pelo menos não faz sentido.

    Demissão à terceira jornada? Será que teve haver com aquele aviso do Ulisses aos jogadores após a derrota em Belem?

    Abc

    ResponderEliminar
  4. Concordam com o regresso do Domingo Desportivo à antena da RTP?

    Se concordarem, assinem e...divulguem!

    http://www.peticaopublica.com/PeticaoVer.aspx?pi=P2009N374

    ResponderEliminar
  5. "Concordam com o regresso do Domingo Desportivo à antena da RTP?"

    Nim. Só mudam as moscas. Nem sabia disso: não há DD? Em nenhum canal? Ainda não perceberam que há a "colonização" da SportTV?

    Queixem-se ao D. Pedro!

    ResponderEliminar
  6. o incrivel feito desta selecção é que depois desta mísera campanha de apuramento para o mundial, continuamos vivos, ao contrario daquilo que muitos dizem. temos 3 jogos onde nao há uma única desculpa para nao os ganharmos (bem sei que deviamos ter ganho facilmente os 2 jogos à Dinamarca e que ninguem encontra explicação para um empate a 0 com a grande Albânia a jogar com 10 durante 60'). além das 3 vitórias que acredito que vão acontecer, 'apenas' temos de esperar por um empate da Suécia na Dinamarca, e desta vez até dá jeito o 2-2 supostamente combinado durante o Euro 2004 para eliminar a Itália. temos apenas 1 golo de desvantagem para a Suécia, o que acredito que será um dos temas para começar a resolver já amanha, já que é esperado uma goleada dos nórdicos aos homens de Malta.

    quase que me apetece equiparar o futebol jogado por esta selecção com aquele praticado no Euro 2000. o problema, é que a selecção de hoje tem a tal aselhice na hora de rematar isolado á baliza que outrora não acontecia. mas lá está, acredito que a partir de amanha as coisas vão começar a ser diferentes

    em relação aos outros temas abordados no post: não consigo compreender o despedimento de Ulisses Morais. empatar um jogo, perder 2 sendo um fora e outro com o Porto não me parece que condene a Naval à 2ª liga, embora acredite que faz parte de um trio candidato a isso, juntamente com a Académica e o inevitável Setúbal.

    em relação á taça da liga, por muito que gostasse não posso comentar. não faço a mais pequena ideia como está formulada este ano. sei que houve alterações, mas nao sei quais nem tão pouco quando é que o Porto começa a jogar. espero que ao menos, ainda nao se saiba qual vai ser a final, já que ano passado nao havia muitas duvidas desde o inicio, ajudado pelos 4 penaltis marcados contra nós em 2 jogos.

    abraços portistas


    P.S: mesmo para terminar: soube da existência deste blog pelo Jornal de Notícias, quando era praticamente o unico blog relacionado com o Porto que aparecia num certo dia da semana. a partir daí, comecei a visitar diariamente este blog, tendo sido do meu agrado. nao posso deixar de repugnar o que tem acontecido ultimamente. comentarios despropositados, insultos entre os comentadores e afins. não sei se serão portistas ou não, sei que assim este blog perde a qualidade outrora demonstrada. caso sejam portistas, pensem que isto é um local onde se discute os feitos deste grande clube, assim como os seus problemas. caso não sejam.....paciência. continuaremos a festejar no final de cada época aquilo que merecemos: o 1º lugar, à frente de todos os outros. e contra isso, ninguém pode fazer nada.

    ResponderEliminar
  7. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  8. finalmente, chega mais uma vitoria para Portugal. jogamos bem pior que no sábado...mas desta vez ganhamos. e o resto da jornada nem podia ter sido melhor. a Suécia ate fez o favor de só marcar um golo a Malta e a Dinamarca ficou pressionada a não perder contra a Suécia senao diz adeus ao 1º lugar e ao apuramento directo. como temos 2 jogos em casa e não me acredito que a Suécia volte a ter a sorte que teve nos ultimos 2 jogos, as vitorias contra a Hungria e Malta em casa (esta ultima com goleada para precaver) bastarao para no proximo mes de Junho estarmos a discutir mais um mundial com Portugal presente.

    ResponderEliminar
  9. OFFTOPIC:

    Sou adepto do FCP em Lisboa e vibro fervorosamente com as vitórias do nosso clube, mas o clube do meu coração é e será sempre o clube do bairro onde nasci, o Clube Oriental de Lisboa, vulgo COL.

    No COL existem tal como eu, muitos adeptos do FCP, talvez pelo clube se situar numa zona ocupada por muitos nortenhos que vieram para Lisboa à procura de melhores condições de vida e/ou por o COL ser vítima de desinteresse e desleixo da CÂmara Municipal de Lisboa, que só têm olhindos para o bando da 2ª Circular.

    O COL como os mais velhos saberão andou pela 1ªdivisão nos anos 50 e 70 e foi vítima dos "calobotismos" típicos da época salazarenta.

    Aqui está a prova documentada de um deles:

    http://www.nossooriental.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  10. FCPorto freta avião para ir buscar jogadores



    Os futebolistas sul-americanos do FC Porto já se encontram em Portugal e vão treinar-se à tarde com a equipa, tendo viajado esta madrugada de Montevideu, Uruguai, para o Porto num avião fretado pelo clube.

    Os uruguaios Fucile, Álvaro Pereira e Rodriguez e os colombianos Guarín e Falcao defrontaram-se quinta-feira à noite na capital do Uruguai em jogo a contar para a fase de apuramento sul-americano para o Mundial 2010, tendo viajado ao início da madrugada para Portugal, onde chegaram por volta das 13 horas.

    O FC Porto optou por fretar um avião privado de forma a antecipar o regresso dos jogadores, que no caso dos colombianos só aconteceria na sexta-feira, devido a dificuldades nas ligações aéreas.

    O FC Porto defronta sábado, às 19h, o Leixões, em jogo da quarta jornada da Liga de futebol.
    In Publico



    Quanto se fala em estrutura profissional fala-se disto e de muitas outras coisas que, por vezes, nos passam ao lado. Assim, ficam com mais tempo para descansar e aptos para sábado,uma coisa que iria ser mais difícil se o FCP não agisse desta forma.

    ResponderEliminar
  11. Luís,

    É a única coisa que vos valhe; a história; RTM Memória, Salazar, Estado Novo, tudo a preto e branco, porque agora não passam de uma sombra daquilo que eram, parecem um nobre falido agarrado ao seu título nobiliarquico.

    Nós não temos de ter inveja, somos um clube respeitado e temido virado para o presente e para o futuro, não temos o cheiro bafiento da ditadura e o monocromático da TV entranhado no nosso ADN.

    Agora o vosso desafio é passar a fase de grupos da poderossísima Liga Europa...será que conseguem? Deixem a Champions para as equipas de top como nós para não descerem à terra pela infinitésima vez!


    PS- No ranking dos ultimos 20 anos será que chegam ao top 100?

    ResponderEliminar
  12. A TRANSPARÊNCIA DOS GAYVOTAS. Como eles dizem «TRATAM DAS COISAS POR OUTRO LADO»... mas só o Boavista foi "culpado" de coacção arbitral, por um ex-dirigente...e "lixou-se"!

    Eis a notícia que acabei de ler no "rascord" on-line:

    «O delegado da Liga no Benfica-Nacional da temporada passada (0-0) foi suspenso por 18 meses por ter falsificado o relatório do encontro.

    Devido aos acontecimentos no final do encontro - árbitro Pedro Henriques anulou um golo dos "encarnados" nos minutos finais - Nuno Gomes recebeu 2 jogos de suspensão e uma multa de 1 000 euros por "por factos ocorridos no jogo e infração disciplinar", mas o comportamento do internacional português não foi "intencionalmente" mencionado no relatório de João Pedro Simões Dias.

    "Tal delegado presenciou, após o jogo, no túnel de acesso aos balneários e junto da equipa de arbitragem, comportamentos injuriosos de agentes desportivos e tais comportamentos lhe foram comunicados pela mesma equipa de arbitragem", lê-se no acórdão da Comissão Disciplinar da Liga divulgado esta quinta-feira».

    Lembram-se como os "gayvotas" contestaram o castigo, que era uma injustiça, blá, blá, seguidos da imprensa de sargeta e afins...
    A transparência deles cheira muito mal.

    ResponderEliminar
  13. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  14. jdm.dragão.lisboeta, estranhamente isso aconteceu num jogo onde nos roubaram um golo no minuto 90.

    Há coisas do Diabo..

    PS: Excelente timing para uma coisa dessas sair. Excelente.

    ResponderEliminar
  15. Falsificou um relatório... mas como anulou um golo, então está bem.

    É a mesma lógica: PC pagou putas, mas o árbitro não favoreceu o FCP no jogo.

    E estranhamente o PC deu um envelope antes de um jogo em que o FCP foi roubado.

    Então, Luís, em que ficamos? Qual a lógica dessa cabecinha cheia de imaginação?

    Lógica de merda, só pode.

    PS: Excelente timing para ficar quietinho em vez de vir mandar postas para um blog de portistas.

    PS2: Até admira não ter sido o canal História a fazer a classificação do melhor clube do séc. passado. Já reparaste que já há miúdos que vêem futebol que nem conheceram esse século?

    ResponderEliminar
  16. Quando o benfica ganhou essas taças, o homem já tinha ido à Lua?

    ResponderEliminar
  17. Joao, que eu saiba um delegado não anula nada. Que eu saiba o Benfica foi muito prejudicado nesse jogo. E que eu saiba o Nuno Gomes foi suspenso na mesma. Logo, o que é que o Benfica tem a ver com essa noticia?

    ResponderEliminar
  18. O Benfica?! Nada a ver! Era o Nacional contra quem? O Nuno Gomes joga onde?

    "Que eu saiba o Benfica foi muito prejudicado nesse jogo."

    Volto a dizer: o FCP foi prejudicado no jogo do envelope.

    ResponderEliminar
  19. E o Nuno Gomes não foi suspenso na mesma oh burro!?

    ResponderEliminar
  20. E qual era o interesse em corromper um delegado de jogo? Eles não têm interferência em nada!

    ResponderEliminar
  21. claro, Luis. foi apenas um esquecimento...quem não se esqueceria de referir aquele acto tão pouco importante? insultos ou qualquer coisa do genero nao vale a pena vir no relatorio, preferencialmente se o clube vestir de vermelho e branco

    ResponderEliminar
  22. mad skills, ao menos foram só insultos.

    Já nos famosos túneis das Antas e Dragão.....

    ResponderEliminar
  23. Luís,

    Burro é o teu paizinho.

    Quem tem telhado de vidro...

    No aeroporto por causa do Moretto, foram só insultos?

    Nuno Gomes, segundo entendi, foi suspenso pela expulsão. O que não invalida a incompetência do observador.

    O Benfica, no mínimo, ganha tanto com isso como ganhou o FCP pelos poucos alegados actos de tentativa de corrupção que a super equipa assim denominada pelo teu presidente conseguiu fantasiar, ó burro!

    A diferença é que as vossas fantasias servem para tudo no que toca a denegrir a nossa imagem. Já os vossos actos nunca são nada.

    Burro é quem se farta de perder e não detecta as falhas; Burro é quem é chulado anos a fio e ainda aplaude; Burro é quem se congratula por sucessivamente ter equipas maravilha e ser humilhado cá e no resto da Europa; Burro é quem baseou toda uma teoria numa testemunha que neste momento é ridicularizada em tribunal; Burro é quem chama corrupto da boca para fora usando o argumento de uma justiça feita à sua medida; Burro é quem vai para instâncias idóneas com argumentos que só convencem outros burros como tu; Burro é quem compra por 5€M e vende por zero; Burro é quem ainda por cima se acha o maior do mundo e arredores.

    E mais burro ainda é aquele que vem cheio de peito a um blog de vencedores com a mania que tem a verdade e o resto, aqueles que ganham dentro do campo, são todos uns tapados.

    Não acredito que seja só falta de vergonha na cara. Acho que é burrice mesmo. Daquela mais ignóbil que se possa imaginar.

    ResponderEliminar
  24. Se não tinha importância, então porque foram falar com ele?
    Quanto à corrupção do FCP, enfim, espero provas, mas não há nada.

    ResponderEliminar
  25. O regresso do épico "Domingo Desportivo" à antena da RTP não era interessante?

    http://www.peticaopublica.com/PeticaoVer.aspx?pi=P2009N374

    Leiam a petição e ajudem na sua divulgação.

    ResponderEliminar