14 maio 2013

Quando o cimento Mexia com Sócrates para um Portugal norte-coreano


Este é o Portugal à luz das velas de que gosta o tipo da EDP, António Mexia, sob cuja factura pagamos electricidade cara e um acrescento de 2,50 euros para a RTP. É bom ser nababo, estar no poleiro, dar-se com o phoder... E, claro, gabarolas, para além de 3,5ME que embolsa em anos bons de "trespasses" a chineses, não enjeita botar faladura e, em fase de cheia, abrir a boca e confessar o seu clubismo.
 
Não sabia da "entrevista" de que falou Pinto da Costa após o clássico. Mas sei do personagem...

Mexia pode ser do Benfica como e quando quiser, mas não deve manifestá-lo. Pelo menos em termos de "ser bom para o País o Benfica campeão e o PIB melhorar". O ex-Primeiro-Sinistro Sócrates pensava o mesmo, o Benfica foi campeão em 2005 e se não for por isso foi precisamente por Sócrates ter arruinado o País e estarmos todos a pagar a factura dessa subida do PBI da Dívida de 85 para 170 mil milhões de euros, ficarmos sem crédito para o Sinistro das Finanças dizer que não havia dinheiro para salários na FP, pensões e etc., para andarem agora todos a pensarem que já há dinheiro e as pensões e salários podem ser pagos como antigamente.

Como antigamente é que Mexia estava bem, até deve ter ido a Fátima ver isto:
 
 
O Mexia que gosta do Benfica não é o primeiro. E a declaração de um título do Benfica ajudar Portugal, melhorar o PIB, alegrar a gente não é dele, nem de agora. Foi de Sócrates, acabado de ser eleito em 2005 e o Benfica a caminho de mais um título fraudulento, sujinho, sujinho... tal como o Phoder Súcio do Xuxialismo da cambada originada no proto-embrião Mário Chulares.
 
Mexia com o phoder? Ora aí está. Só falta o cimento, diz o Sócrates. A obra está a ver-se.
 
video
Na verdade, a obra sócretina deixou Portugal na bancarrota. Hoje, infeliz e lamentavelmente, muitos tugas ainda não perceberam onde foram metidos, julgam haver dinheiro quando ele foi torrado pelos xuxialistas e ainda ouvem o Grande Líder com a parola da RTP ao domingo à noite, mesmo em decadentes audiências.
 
Por falar em audiências:
 
E os números que nos deixaram estas abencerragens são motivo de quadros pouco abonatórios:

Sem comentários:

Enviar um comentário