20 março 2009

Missão (quase) impossível? Escolheram o clube certo então...

Saiu-nos a fava
O campeão da Europa. O melhor jogador do Mundo, o melhor treinador do Mundo provavelmente. Mas se quisermos podemos falar também na melhor defesa da Europa este ano, com a dupla de centrais mais forte do futebol europeu (Ferdinand x Vidic), o melhor lateral esquerdo do Mundo
provavelmente (Evra), um dos 3 melhores guarda-redes do mundo (Van der Saar) e ainda uma das frentes da ataque mais temidas do Mundo actualmente juntamente com a do Barça.

Não há dúvidas que o Villareal seria o adversário que a maior parte dos portistas queriam. Não pela facilidade, como já muita gente por toda a Europa veio falar do Porto e Villareal, mas porque se trata da equipa que em termos do seu plantel tem tanta ou quase tanta inexperiência como o nosso plantel, recheado de jovens que disputam a champions pela 1ª vez.

Não há dúvidas que os ingleses mesmo sendo adversários a evitar, a sair um deles o Arsenal seria o que melhor se enquadraria no nosso estilo de jogo. Por se tratar de uma equipa muito jovem, que ataca de forma desenfreada, que gosta de ter a bola e que assim nos daria muitos espaços e ocasiões para contra atacar e apesar de muito experientes é composta por muitos jovens e é um clube sem conquistas europeias como o nosso.

Até mesmo entre os papões eu não escolheria o Manchester. A minha preferência recairia sobre o Barça. 1º por o seu estilo de jogo tipicamente holandês, que defende que se deve ter a posse de bola o máximo de tempo possível e atacar de forma continuada o jogo todo sem parar. Uma equipa que joga com a defesa muito subida e que, para mim, tem a pior defesa de todos os papões ainda em prova. 2º Por em Espanha terem a arrogância necessária para nos desvalorizarem totalmente e depois serem surpreendidos com mais facilidade como aconteceu com o Atlético. 3º Pela 1ª página do El Mundo Deportivo que nos considerava a equipa mais acessível em prova.

Mas é com o Manchester United que teremos que medir forças.

Sorteio mau ou terá sido sorteio bom...?
Sorteio mau? Azar? Depende da perspectiva. Aqueles que esperavam ver o F.C. Porto atingir as meias-finais apenas e voltar para casa, seria mais aconselhável um Villareal ou até um Arsenal, seriam equipas que, a priori, nos dariam mais chances de prolongar a nossa continuidade na champions . Se o objectivo for, no entanto, ir até á final e fazer o inimaginável com o plantel mais inexperiente desta champions e que todos olham como inferior…bem, nesse caso este é o jogo certo.

Afinal, se o F.C. Porto conseguir derrotar o Campeão da Europa, aquela que é hoje a melhor equipa da Europa e do Mundo, a próxima eliminatória será encarada com outra ambição e até outro estatuto. Até porque se por um lado, a sorte colocou-nos frente aos campeões da Europa nos quartos, deu-nos a hipótese, de em caso de passagem para as meias finais, evitar: Bayern de Munique, Barcelona, Chelsea e Liverpool. Tal como em 2004, o adversário de maior nomeada que nos separaria da final seria o…Manchester United. Derrotando-o sabíamos que a partir daí podemos derrotar qualquer um e que dificilmente apareceria uma equipa capaz de nos meter medo, e nesse âmbito, nas semi-finais com Villareal ou Arsenal entraríamos como sérios candidatos a um lugar na final o que seria algo de absolutamente incrível.

É mais difícil chegar à final este ano do que foi em 2004. A liga inglesa está mais rica e poderosa que nunca. Para chegar à final, e depois de já termos eliminado um forte Atlético de Madrid, teríamos que obrigatoriamente derrotar os campeões da Europa e líderes da liga inglesa isoladíssimos, e ainda mais uma equipa inglesa ou espanhola até chegar à final. Poderiam ser 2 equipas espanholas e 2 inglesas que teríamos que eliminar. Duas das ligas mais fortes do Mundo e com as quais economicamente as diferenças são maiores para Portugal.

Em 2004 até à final, na fase a eliminar, tivemos apenas que eliminar uma equipa inglesa e uma espanhola. Metade. E 2 francesas incluindo com a final. Desta vez. na final já sabemos que encontraremos um colosso mundial seja de Inglaterra, Espanha ou Alemanha, caso lá cheguemos. Se o nosso objectivo é sonhar mais alto, olhar para lá da cortina…então este emparelhamento é o ideal para nós. Foi justamente eliminando o Manchester em 2004 que ganhamos o balanço e a confiança necessária para sermos campeões da Europa.

Agora ,é preciso ser realista. Não será vergonha nenhuma cair aos pés do Manchester United, como aliás, o próprio Mourinho e o seu Inter caiu sem conseguir fazer um golo sequer. Nisso também se pode considerar algo de bom. Cair com o Villareal faria com que tudo o que fizemos até agora fosse logo desvalorizado pelos nossos detractores. Com o Manchester a cair, cairemos de pé contra um colosso Mundial.

Teremos que ter calma na análise e ter noção da dimensão económica e desportiva de uma equipa como o Manchester. O caminho não será armarmo-nos em campeões com uma das melhores equipas do Mundo, seja no discurso seja na atitude. Aliás foi o que Mourinho soube fazer em 2004 brilhantemente, amansando a fera, tentando adormecer o Manchester, para depois o surpreender. Tendo humildade, realismo na abordagem ao jogo, mas sem isso querer dizer que não haja a vontade de vencer e uma dualidade de discursos. Uma para dentro, para o balneário, e outra para a imprensa, para o Manchester ouvir.

A história recomenda ao Manchester cautelas e respeito em relação ao F.C. Porto
Se o Manchester não está já avisado de que nós somos capazes de lhes estragar a festa, depois daquele golo de Costinha em Old Trafford, acho que deviam seriamente ter cautelas quando pensarem no F.C. Porto.

Apesar de economicamente ser muito superior a nós, a verdade é que em títulos internacionais eles apenas têm mais uma liga dos campeões que nós. Em termos de troféus internacionais, apenas têm mais 2 que nós, mesmo tendo os milhões de euros para gastar que nós não temos.

É por demais sabida a superioridade inglesa nos confrontos com as equipas portuguesas, mas até nisto o Manchester se devia fixar. Em jogos com o F.C. Porto há 2 vitórias, 2 empates e 2 derrotas. O equilíbrio sobre o campo em termos históricos não prova essa superioridade esmagadora que há no papel.

Outro dado para o Manchester ter em conta, em confrontos com equipas portuguesas, a sua superioridade é enorme, tendo muitas vitórias para contar e apenas 4 derrotas para se lamentar, mas convém não se esquecerem que das 4 únicas vezes que foram derrotados por equipas portuguesas, duas delas foram justamente com o... F.C. Porto. Há muitos motivos para que eles nos respeitem como se pode ver.

Abordagem à eliminatória
Foi importante que o sorteio ditasse que o 1º jogo fosse em Old Trafford. Permite uma abordagem idêntica à que tivemos com o Atlético. Para acalentarmos esperanças de apuramento, será imperioso sobreviver ao ambiente do Old Trafford como sobrevivemos ao Calderon, marcar golos e a perder que a derrota seja pela diferença mínima e com golos marcados da nossa parte. Qualquer resultado que não passe por uma derrota mínima com golos nossos, um empate ou naturalmente uma vitória nossa, tornará a eliminatória quase fechada a favor dos Red Devils.

Será fundamental mais que nunca para estes dois jogos ter os onze titulares disponíveis e em boas condições. O F.C. Porto só conta com 11 jogadores de qualidade para disputar uma prova como a champions. Não temos banco, como já não tínhamos o ano passado. Por isso é imperioso contar com o nosso melhor onze para estes dois jogos.

É fundamental também que os avançados do F.C. Porto demonstrem mais eficácia. Temos criado muitas oportunidades jogo após jogo, demonstrando uma consistência incrível e automatismos muito fortes quer na ocupação de espaços quer no desdobramento para o ataque. Falta a eficácia. Com o Manchester as chances serão poucas e um falhanço pode ser fatal para as nossas aspirações de apuramento.

O Manchester United tem dois sistemas: o 4-4-2 clássico com o qual joga na liga inglesa. Semelhante ao do Atlético de Madrid, apenas com dois médios centro, dois extremos e dois avançados, mas com melhores intérpretes e uma defesa infinitamente melhor. Na Champions e contra adversários de maior nomeada esse 4-4-2 passa para 4-3-3 com o reforço do meio campo. Ou um 4-4-2 camuflado, com Park a jogar do lado esquerdo mas muito forte tacticamente no apoio ao meio campo.

Para nós o ideal seria que entrassem em campo com sobranceria. Que jogassem num 4-4-2 ofensivo como jogam em Inglaterra. Com apenas dois jogadores no meio e se possível Nani ou Tevez em vez de Park. Assim o nosso meio campo encontraria superioridade num confronto com os dois do meio que podem ser: Anderson, Scholes, Carrick e até Giggs. Isso permitiria a que Fernando baixasse um pouco no apoio a B. Alves e Rolando a lidarem com Rooney e Berbatov e ao mesmo tempo não perderíamos o meio campo, pois Rodriguez fecharia no meio e ajudaria nas tarefas defensivas, permitindo também, que ele fosse o jogador a galgar metros com a bola no pé, chamar os defesas para si no contra ataque e depois com um passe poder isolar Lisandro ou Hulk para situações de confronto directo, saindo Hulk e Lisandro de posições abertas no ataque para o meio.

Em termos defensivos será importante o Professor, manter a postura que adoptou nos confrontos contra o Atlético, também eles, com um ataque temível e muito imprevisível. Será importante unir as linhas, não ter medo de lhes dar a bola desde que os deixemos jogar onde nos é confortável que eles joguem e fazendo uma marcação à zona. Isso exige uma observação cuidada dos movimentos típicos do Manchester, como a subida de Evra pela esquerda, as deambulações de CR7 pelo meio e a troca constante com Rooney com este a cair para as faixas. Ofensivamente o Manchester confunde muito as marcações, com jogadores rápidos e versáteis que confundem com facilidade quem vá para lá com intenção de fazer marcações individuais.

Mais importante que não deixar os jogadores decisivos do Manchester jogarem, será retirar-lhes os espaços para jogar, e isso faz-se através de uma boa ocupação zonal e boa cultura táctica, algo que a equipa vem revelando neste campeonato. Isso exigirá muita atenção e concentração. O segredo para conseguir algo histórico será este:
1- Boa marcação à zona, não cair no erro de ir atrás do jogador e deixar o espaço. Sabemos que se as zonas estiverem bem ocupadas terão que ser eles a desgastarem-se com trocas constantes esperando que a nossa defesa se desposicione. Aí o cansaço físico e emocional será para eles e não para nós. Que com o passar do tempo ganharemos cada vez mais confiança para depois os assustarmos no contra ataque.

2- Superioridade no meio campo. O meio campo contra uma equipa que joga com dois no meio, pode jogar com o apoio de Park ou com 3 mas sem tantas rotinas como nós, terá que ser ganho por nós. Estrangulada a saída de bola deles, eles ficarão muito dependentes de jogadas individuais de CR7 e ele contra uma defesa bem posicionada e aonde os espaços estarão ocupados, por mais que tente, o mais provável é que esbarre contra a nossa defesa se não tiver o espaço e os apoios necessários.

3- Ser realista na abordagem ao jogo. Saber descer as linhas e jogar com elas bem juntas para poder travar um ritmo de jogo muito forte, capaz de ser imposto pelo Manchester por jogar numa liga com outro andamento mas que não nos beneficia porque não estarmos habituados a lidar com ele na nossa liga nacional. Ser realista mas também ambicioso. Lisandro terá que apoiar principalmente nas subidas de Evra. Não deixar que ele suba e assim o Manchester tenha dificuldade no jogo lateral. Mas acima de tudo, será importante não esquecer que teremos que marcar lá, e ter Hulk e Lisandro no ataque com o apoio vindo de trás de Rodriguez e não abdicar desse ataque.
Deixar o jogo amarrado e preso no meio, adormece-lo até por vezes, e depois ser rápido na transição e deixar o nosso tridente em situações em que possam explorar a sua explosão, velocidade e surpreender um Manchester balanceado para o ataque. Será a única chance contra uma equipa que tem um grande ataque mas também tem a melhor defesa da Europa.

4- Na fase de maior risco, e quando Hulk já os tiver assustado. Poderemos arriscar mais, e deixa-lo aberto na faixa direita do nosso ataque. Pois aí das duas uma: Evra sobe e deixa o espaço para Hulk esmagar, ou então Hulk tem menos espaço mas impede que Evra suba e seja um factor de desequilibro se o Manchester não conseguir entrar na defesa do Porto.
O Manchester geralmente com equipas que lhes roubam o espaço e fortes tacticamente, como é o caso do Liverpool por exemplo, costuma jogar muito com o coração e jogar directo para os seus avançados, quando o seu meio campo não consegue entrar no jogo. Isso será bom para nós. Berbatov e Rooney são fortes, mas no jogo aéreo Rolando e Bruno Alves são capazes de dar conta do recado.

Epílogo
Nós somos um clube que cresce quando maior é a dificuldade que nos colocam á frente. Se nos dizem que só passamos se tivermos que ganhar 3 jogos seguidos, dois deles fora na champions e que isso é muito difícil, nós fazemo-lo. Se dizem que nunca ninguém ganhou num estádio como nos disseram em 2003 na Grécia, nós vamos lá e ganhamos.

Somos um clube que cresceu habituado a ter que ser muito melhor que os demais e a ter que trabalhar muito mais que os demais para ter sucesso. Isso deu-nos este calo, esta coragem e ambição sem limites e o estofo para não ter medo de nenhum adversário, de nenhum campo e acima de tudo, não ter medo de ganhar. Faz parte do nosso ADN desafiar as possibilidades e ganhar.

Queriam alguém para uma missão que dizem impossível ou quase impossível, que é derrotar aqueles que são actualmente os campeões da Europa? Escolheram o clube certo então.

25 comentários:

  1. "Isso deu-nos este calo, esta coragem e ambição sem limites e o estofo para não ter medo de nenhum adversário, de nenhum campo e acima de tudo, não ter medo de ganhar. Faz parte do nosso ADN desafiar as possibilidades e ganhar."

    e é isto que nos orgulha...

    AMO-TE PORTO - TODOS OS CAMINHOS VÂO DAR A ROMA!!! ^^

    ResponderEliminar
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  3. Como o Menphis disse no post anterior em relação à vitória na champions em 2004

    " Inesquecível, mas que ninguém diga irrepetível."

    Eu acredito, Yes we can, seja lá o que for...

    FORÇA PORTO!!

    ResponderEliminar
  4. Ai esta a Televisão a considerar o jogo da Taça do Guadiana , como o jogo do ano e nas noticias a surgir com maior importancia que o jogo dos campeões!!
    é sempre a mesma m...

    ResponderEliminar
  5. "com a dupla de centrais mais forte do futebol europeu (Ferdinand x Vidic), o melhor lateral esquerdo do Mundo provavelmente (Evra)" desculpa lá so se for para rir não ??? Prefiro mil vezes a dupla da selecção ou mesmo do chelsea...quanto ao lateral nem nos cromos aparece até o manco do o-shea joga ..quanto ao ataque ..SOBERBO
    abraço

    ResponderEliminar
  6. Esta é para o adorador-mor cá do sítio:

    A questão é incrivelmente simples.

    Se o Pinto da Costa, durante os dois jogos da eliminatória, conseguir afastar o Jesualdo dos jogadores e deixar os jogadores resolverem o problema, a gente passa.

    Se o Pinto da Costa deixar o Jesualdo fazer de conta que é treinador, somos eliminados.

    Eu avisei que era simples demais.

    Parabéns ao Zirtaev pelo excelente trabalho.

    ResponderEliminar
  7. Basta só ver o que Vidic fez no jogo com o Liverpool. Erros atrás de erros.

    São duros de rins. O Hulk passa por eles como faca quente em manteiga.

    Só é preciso deixar os jogadores jogarem o que sabem. Se deixarem o cagão-mor fazer de conta que é treinador e for a Manchester todo borradinho, levamos uns 4 ou 5.

    Jogadores como Lisandro, Hulk, Christián Rodriguez, Lucho, Raul Meireles e Bruno Alves sabem que é a oportunidade de uma vida. Vão jogar com toda a raça possível. Eles, mais do que ninguém, vão querer passar a eliminatória.

    Deixem os jogadores eliminar o Manchester. Só peço isso. Será pedir muito?

    Mantenham o cagão-mor longe dos jogadores nesses dois jogos.

    ResponderEliminar
  8. Sou Positivista, acho que estamos como sempre devemos estar: -Na perspectiva de passar à fase seguinte e se o conseguirmos, será um enorme feito, se por outro lado formos afastados, temos sempre a possibilidade de argumentarmos que o MU é um colosso!...O que não é nenhuma mentira...Mas atenção, o Manchester que se acautele, nós não temos nada a perder e de vez em quando perdemos as estribeiras! Força Campeão!
    Estive hoje mais uma vez no Parque da Constituição: Fabuloso!

    ResponderEliminar
  9. A Televisão faz render o seu próprio peixe.
    Destaca o jogo dos tristes no próximo fim-de-semana, porque teve tanto trabalho em organiza-lo, que não lhe resta outro remédio se não enaltece-lo!
    Mas isso são contas do mesmo rosário que temos vindo a contar...

    ResponderEliminar
  10. bem, eu tou como já alguem disse aqui..é não deixar ou esperar que o jesualdo não invente e temos alguma hipotese! nada de mudar de tacticas ou coisas do género pois não temos jogadores com nivel para tal!

    é jogar com os mesmos 11 de sempre em 4-3-3 (quanto muito mandar recuar o rodriguez e jogar num "4-4-2") e lutar como gente grande que somos! nada de ir com o pensamento de perder por poucos como geralmente se vai neste tipo de jogos, tal como jesualdo quando foi a Londres.

    é ir lá para no minimo empatar ou perder por 1 marcando golos!

    depois cá é matá-los!

    pena pena é só termos 11 gajos para o fazer..mas não fica impossivel!

    ResponderEliminar
  11. Para os mais distraídos, relembro o que o FC Porto e Manchester fizeram nos últimos 5 anos:

    Manchester United - Orçamento: 328 milhões de euros
    2008/09 - Presença nos quartos-de-final
    2007/08 - Campeão europeu
    2006/07 - Arrumado nas meias-finais
    2005/06 - último na fase de grupos
    2004/05 - Arrumado nos oitavos-de-final
    2003/04 - Arrumado nos oitavos-de-final eliminado pelo... FC Porto

    FC Porto - Orçamento: 60 milhões de euros
    2008/09 - Presença nos quartos-de-final
    2007/08 - Arrumado nos oitavos-de-final
    2006/07 - Arrumado nos oitavos-de-final
    2005/06 - Último na fase de grupos
    2004/05 - Arrumado nos oitavos-de-final
    2003/04 - Campeão europeu

    Comparação dos últimos 5 anos que contam para o ranking da UEFA:

    Manchester United
    Campeão europeu: 1 vez
    Meias-finais: 1 vez
    Quartos-de-final: 1 presença (2008/09)
    Oitavos-de-final: 2 vezes
    ÚIltimo na fase de grupos: 1 vez

    FC Porto
    Campeão europeu: 1 vez
    Meias-finais: 0
    Quartos-de-final: 1 presença (2008/09)
    Oitavos-de-final:3 vezes
    ÚIltimo na fase de grupos: 1 vez

    Qual é a diferença entre o FC Porto e o Manchester nos últimos 5 anos?
    Um oitavos-de-final contra uma meia-final do Manchester. Orçamento 5 vezes mais pequeno e resultados parecidos. O que dizer do FC Porto? Grande é o Manchester. Não temos qualquer hipótese. Certo? Errado!!! Tirando o dinheiro que têm eles mais do que nós?

    ResponderEliminar
  12. "Foi importante que o sorteio ditasse que o 1º jogo fosse em Old Trafford."

    Isto não é consensual, eu prefiro sempre que o FCP jogue a primeira mão em casa, de resto foi assim na caminhada para a UEFA e Champions com mourinho em grande parte das eliminatórias.
    Virar um resultado contra uma equipa com o manchester é complicado pela experiencia do adversario e porque entrar num jogo a perder animicamente tira confiança a quem está a perder e dá a quem está em vantagem, pelo que preferia jogar em casa e ir a inglaterra nem que fosse com um 0-0. Alem de que em caso de prolongamento os golos fora continuam a contar e isso tambem é uma desvantagem de jogar fora primeiro.

    Apesar de tudo acredito que pudemos passar desde que o helton não de frangos como de custume e que os avançados consigam concretizar algumas oportunidades.

    ResponderEliminar
  13. Eu não mudava o sistema táctico. Entrava com o nosso 4-3-3 que se desdobra no 4-4-2 com o Rodriguez recuado. Jogava assim fora e em casa.

    Vai ser bom jogar a segunda mão em casa. Vamos a Manchester empatar a 1 e no Dragão empatamos a zero! Eu até gosto deste sistema de vitória com empates!

    Jogar sem complexos nenhuns em Old Trafford entrar a pressionar alto mal o Manchester sai da defesa.

    Comparando a dupla de centrais deles que defines como a melhor do mundo com a nossa: Vidic Vs Rolando = Vidic é mais agressivo, Rolando é mais regular. (tirando o prestígio que os 2 têm que é completamente diferente)
    B.Alves Vs. R.Ferdinand = Sinceramente o nosso Bruno é melhor. Mais agressivo, ambos têm técnica, mas sempre achei o Rio Ferdinand demasiado sobrevalorizado.

    Aposto num jogo fenomenal do Lisandro e do Hulk em Inglaterra, tal como fizeram em Madrid.

    Atenção que eles vão explorar o Cissokho. Preparem-no bem, porque é o jogador com menos experiência e às vezes um pouco pesado no arranque. Vai levar com o Cristiano pela frente ou pelo Rooney.

    O Fernando apesar de não ser dos mais falados pode marcar a diferença se roubar muitas bolas com poucas faltas perto da área.

    Já estamos a ferver com estes 2 jogos!
    O Dragão tem de estar mais infernal que nunca e o ambiente de Old Trafford até é bem "amistoso". Vamos carregar a equipa! E todos os que puderem rumem a Manchester!

    ResponderEliminar
  14. "4-4-2 clássico com o qual joga na liga inglesa. Semelhante ao do Atlético de Madrid, apenas com dois médios centro" - semelhante? o atlético joga com um trinco e um médio centro na zona central do meio campo com o extremos colados às faixas sem a mobilidade dos médios do man utd, o forlan ou o aguero é que fazem de n10 ( recordo a conferencia de imprensa após o jogo do dragão em que o jusualdo sublinha isso mesmo ao referir a entrada do forlan para a posição 10 - como jogou em madrid - e a fixação do fernando sobre este mesmo)
    é totalmente diferente do 4-4-2 do man utd

    vidic - Ferdinand??? evra????
    mon dieu...

    ResponderEliminar
  15. Amialzone os teus comentários são "0"! É do tipo de bocas que não têm cabimento. Para desestabilizar ja chega a CS da capital. Não venhas para aqui dividir os adeptos com insinuações e provocações ao Nosso Treinador. Porque é por ele que tens festejado muitas vezes.

    ResponderEliminar
  16. Esta equipa, treinador incluido, tem crescido e aprendido muito e bem. O treinador tem todo o meu apoio, entusiasmo e confiança para esta eliminatória. Acho que estamos preparados para um desafio deste nível, difícil, duro sim, motivador, emocionante e principalmente, galvanizador em caso de vitória, também.

    Excelente o texto de Ricardo Costa. Confesso que já estava um pouco farto da cassete "Amo-te Jesualdo".

    Abraços Portistas

    ResponderEliminar
  17. Eu não troco o Hulk pelo Cristiano Ronaldo, prefiro o Lisandro ao Tevez, o Lucho é mais inteligente e decisivo que o Anderson, o Giggs não tem a frescura física e o sangue na guelra do Rodriguez, o Bruno Alves tem mais classe que o Ferdinand todos os dias, o Rolando comete menos erros que o Vidic, o Cissohko tem mais talento que o O'Shea, O Fucile é melhor que o Evra...

    O único que eu trocava era o Helton pelo Van der Sar!

    POOOOOOOOOORTOOOOOO!!!!!

    ResponderEliminar
  18. Daniel,

    Agradeço-te as tuas amáveis palavras mas tenho que te dizer que só gosto de mulheres. Tem lá paciência.

    A realidade é esta:

    FC Porto: 57 títulos
    - 2 Ligas dos Campeões
    - 1 Taça UEFA
    - 2 Taça Intercontinental
    - 1 Supertaça Europeia
    - 23 Campeonatos
    - 13 Taças de Portugal
    - 15 Supertaças

    Manchester: 55 títulos
    - 3 Ligas dos Campeões
    - 1 Taça Intercontinental
    - 1 Mundial de Clubes
    - 1 Taça das Taças
    - 1 Supertaça Europeia
    - 17 Campeonatos
    - 11 Taças de Inglaterra
    - 3 Taças da Liga
    - 17 Supertaças

    Para mim, os favoritos somos nós, desde que o cagão-mor se mantenha longe desta eliminatória.

    Mantenham-no ocupado com os jogos do campeonato e taça.

    ResponderEliminar
  19. Amialzone realmente os teus comentários são algo básicos...O Jesualdo não presta,o Pinto da Costa é o maior...Se o Porto ganha é mérito do Pinto da Costa,se o Porto perde é culpa do Jesualdo...Esse raciocínio básico e essa lógica da batata já é por demais conhecida...
    .
    .
    Nem é Jesualdo que treina a equipa nem nada,nem foi ele que a construiu tacticamente e fez crescer uma série de jogadores...Deve ter sido o Pinto da Costa que foi aos treinos...Ele nem falar tem falado,deve ser por estar ocupado a treinar a equipa...
    .
    .
    Com o Octávio Machado,o Fernandez,Del Neri,Couceiro etc,o Pinto da Costa nessa altura andava a faltar aos treinos é a tua justificação...
    .
    .
    Este ódio e bota baixismo diria algo doente e autista de que se o Porto ganha é mérito dos jogadores e Pinto da Costa,e que se perde é culpa do Treinador é de um carneirismo incrivel e acima de tudo de alguém que se recusa a abrir os olhos para a realidade.
    .
    .
    .
    Sobre as considerações ás minhas análises individuais e tácticas.
    .
    1º Há pessoas que passam do 8 para o 80.Já parecemos os benfiquistas com a sua tradicional euforia. Já os nossos jogadores são melhores que todo o Mundo,já o Manchester não vale nada, e até parece que é um escandalo se não vencermos o Manchester United que é só campeão da Europa e do Mundo...
    .


    Essa euforia só nos faz mal.Felizmente o "cagão-mor" como o chamas e o grupo de trabalho não entram nessa onda de euforia.
    .
    .
    .
    Vidic e Ferdinand não são perfeitos.Mas o que quis dizer é que este ano para quewm tem acompanhado os jogos todos do Manchester como eu tenho, sabe que se trata da melhor dupla de centrais da Europa da actualidade em termos de clubes.
    .

    Não quer dizer que individualmente sejam os melhores do Mundo,mas juntos formam a melhor dupla da actualdade.São coisas diferentes.
    .
    .
    Vidic, alguém só deve ter visto o último jogo com o Liverpool que foi o pior da carreira de Vidic, e não a excelente época que ele tem feito,ao ponto de até golos decisivos ter marcado e ate já ter ganho prémio de jogador do mês.
    .
    Sobre a dupla do Chelsea,podia até ser a melhor do mundo em termos de clubes, se Ricardo Carvalho não estivesse lesionado esta época durante largos períodos de tempo...A dula Terry- Alex para mim nem é comparável á Ferdinand x Vidic.
    .
    .
    .
    Hymne:
    Acho que não entendeste bem o que escrevi.Eu não falei que o Manchester jogava da mesma forma que o Atlético.Apenas que jogava no 4-4-2 clássico como o Atlético,pelo menos na maior parte das vezes.
    .
    Agora é óbvio que o desenho no papel é uma coisa,a dinâmica de jogo é outra.Até porque no papel é o mesmo,mas depois como os jogadores têm características diferentes,o modelo de jogo e a sua dinâmica é diferente.
    .
    Mas algo é semlhante,ambas as equipas jogam apenas com dois jogadores no meio.
    Dizes que o Atlético joga com um trinco e um homem no meio.
    Não concordo. Paulo Assunção não joga a trinco como no Porto,mas sim a médio centro e por isso tem sido tão criticado em Madrid,porque não tem técnica para sair a jogar,algo que se pede a um jogador que jogue a médio centro.
    Até foi claro no jog do dragão que Assunção tinha que assumir o jogo e subir no terreno como nunca fez no Porto,porque a sua posição no Atlético não é a mesma.Não é um trinco mas sim um médio centro.

    .
    O que acontece é que o Atlético tem dois médios centro mas um com características mais defensivas e outro de características mais ofensivas.
    O Manchester também quando joga em 4-4-2 clássico,joga com dois no meio.Podem ser mais ofensivos ou defensivos consoante os jogadores que escolham.
    O shea é tremendamente defensivo,carrick mais defensivo mas versátil e pode subir mais, Anderson,Scholes e até Giggs mais ofensivo.
    .
    .
    Os extremos jogam mais colados á linha que os de Manchester,mas também isso depende.O Simão faz muitos movimentos interiores, e o Manchester quando joga com o Park,o Park joga muito colado á linha e há menos trocas de posição com o CR7.
    .
    .
    Sobre o Forlan ser um 10,é uma novidade para mim.Nunca o vi a jogar a 10.
    Jogar a 10 pressupõe que ele joga no meio campo.Nunca vi o Forlan no meio campo.
    O que acontece-tal como aliás acontece no manchester e em qualquer equipa que jogue em 4-4-2 clássico- é que um dos avançados tem que recuar no terreno para buscar jogo e arrastar a marcação, assim como para preencher o espaço que fica vago entre o meio campo e o ataque.Um movimento normal.São dois avançados,mas um fixa mais e o outro é mais móvel e vem buscar o jogo atrás.
    .
    No Manchester geralmente é o Berbatov que fica mais fixo e é Rooney ou Tevez que recuam para buscar jogo.
    .
    .
    Sobre o Evra não ser um jogador de qualidade...É a minha opinião que ele é o melhor lateral esquerdo da actualidade.Mas eu não devo estar assim tão sozinho nesta opinião,uma vez que é partilhada por uma série de técnicos,jogadores,jornalistas e até recentemente o Evra foi nomeado entre os melhores laterais esquerdos para o onze ideal da Uefa e até ganhou...
    .
    .
    Mas claro,se entramos nessa onda de euforia desmedida e tentamos esquecer-nos da realidade,aí até o Cissokho já é melhor que o Evra e o CR7-Melhor jogador do Mundo- é pior que o Mariano daqui a bocado...
    .
    .
    Ser ambicioso e querer ganhar,não significa perder a noção da realidade e entrar em euforias desmedidas...Isso geralmente fazem os benfiquistas e com o insucesso que se conhece...
    .
    .
    saudações portistas

    ResponderEliminar
  20. Não disse que o forlan era um 10, mas sim que entrou para jogar a 10 como referiu o jesualdo depois do jogo, acho que um médio box to box e um trinco é bem diferente de um carrick e um anderson ou um scholes no meio campo.

    no jogo em Madrid o paulo assunção jogou mais fixo a trinco que no dragão, sem dúvida e lembro-me de o ver no dragão mais perto do meio campo do que ele custuma fazer, mas continua a ser um trinco e um médio centro diferentes dos dois médios do Man utd

    o Evra não é mão, nem o Vidic nem o Rio Ferdinand, mas a forma recente do puyol - até à lesão - mete mais respeito que esses 3 juntos

    nenhum dos jogadores da defesa do man utd me parece ter velocidade para aguentar o hulk ou rodriguez embalados

    a construção de jogo do Man utd começa muitas vezes por um passe para um dos defesas centrais, quando isso acontece são os laterais que sobem para iniciar o ataque... o que me parece ideial para a pressão alta do lisandro e rodriguez

    ResponderEliminar
  21. Hymne:
    O Assunção joga num sistema de dois médios centros.Nesse sistema não existe um trinco puro,como existe num sistema de 4-3-3 em que fica um jogador fixo atrás de dois elementos mais adiantados.
    .
    O Assunção em Madrid subiu menos,porque o meio campo foi engolido pelo meio campo do Porto e ele teve mais que se preocupar em recuperar do que em construir.
    .
    Mas nos jogos em casa em que o Atlético domina o jogo,ele joga de médio centro.
    .
    O que estás a dizer é que as características dele não são para jogar a médio box to box como jogam os do Manchester.Mas isso é óbvio,ele é trinco e não médio centro e muito menos box to box.
    .
    Tem residido aí,justamente, o problema do Assunção em Madrid,pois pede-se mais do que reduzir espaços e ser o pêndulo da equipa como fazia no Porto,pede-se que ele saiba construir jogadas e fazer passes de ruptura e isso ele não consegue.
    .
    Daí que os aficionados do Atleti o critiquem muitas vezes e peçam que jogue o jovem Camacho no seu lugar,mais capaz de não só recupar bolas,mas também lançar o ataque.
    .
    .
    A táctica do Atlético não fixa um médio na posição de trinco,eles jogam com dois no meio,com características diferentes para se complementarem,um mais defensivo capaz e outro mais ofensivo..
    .
    .
    Os dois do meio do Manchester têm características diferentes e são capazes de dar mais profundidade ao jogo da equipa,por consoante joguem Scholes,Giggs ou Anderson conseguem dar um cariz mais ofensivo ao meio campo.
    .
    .

    .
    Sobre o Puyol,eu não acho que o Puyol seja do nível de Ferdinand ou Vidic.É um jogador raçudo,que encarna o sentimento catalão e é um símbolo do clube.
    Este ano esteve em boa forma,mas a defesa do Barça é talvez a pior dos colossos europeus ainda em prova.
    Joga muito subida e apresenta debilidades gritantes quando aparece uma equipa como o Atlético capaz de lhe colocar a bola nas costas e com um ataque forte..

    .
    Preferia até jogar com o Barça a jogar com o Manchester por defensivamente o Barça ser mais fraco.
    Aliás os números falam por si,o Manchester tem a melhor defesa da champions e até não me engano antes do jogo do Liverpool tinha a melhor defesa da liga inglesa e de toda a Europa.
    .
    .
    Sobre o Ferdinand e o Vidic e a sua valocidade.É óbvio que eles não têm a velociade de Hulk.Mas também Bruno Alves não prima pela velocidade e não deixa de ser um grande central.
    .
    Têm um estilo diferente,centrais imponentes,muitos fortes no jogo áereo e na marcação.
    Não se precisa de ser tão rápido como um avançado para o parar,basta ser mais inteligente,colocar-se melhor,ter bom tempo de desarme e acima de tudo que a defesa em conjunto se movimente e articule bem para que haja sempre compensações.
    .
    .
    Se fosse tudo assim tão simples,poderiamos dizer que o Porto também não tem nenhum defesa para parar em velociade ou potência o CR7 ou o Rooney.O facto de eles serem mais rápidos não quer dizer que vão passar por toda a gente e mais alguém.
    Para isso é preciso conseguirem ter o espaço para explorar,e mesmo assim, quatas vezes o próprio CR7 tenta ganhar em velocidade e é parado por um corte oportuno no momento certo...?
    .
    .
    Os defesas não se avaliam apenas por ser rápidos ou não.Há estilos diferentes,uns mais físicos,outros mais técnicos,uns mais de recuperar em velocidade e ser um bombeiro na defesa outros menos rápidos mas com melhor sentido posicional.
    .
    .
    De resto estamos de acordo,como aliás escrevo no meu texto, o Porto tem condições para explorar algumas características de jogo do Manchester United em nosso favor.
    Um jogo inteligente tacticamente e uma boa estratégia como Jesualdo montou para Madrid e os jogadores a interpretaram em perfeição pode-nos dar uma hipotese de passar.
    .
    Será fundamental para além disso,concentração e evitar falhar golos feitos como temos feito.Contra o Manchester as oportunidades de golo serão naturalmente menos e a eficácia será muito importante.
    .
    .
    saudações portistas

    ResponderEliminar
  22. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  23. Amialzone:
    Comentários infantiloides,sem substância nenhuma e com raciocinios de vão de escada ainda se aceitam...Mas insultos,isso já não...
    Já pisaste o risco no teu 1º comentário,agora fizeste ainda pior.
    .
    Este blog é um blog aberto á discussão educada,á troca de idéias,mas não se coaduna com comentários insultuantes e tacanhos.
    .
    .
    Todo e qualquer tipo de comentário desses será,pelo menos por mim, automaticamente deletado.
    .
    Este blog tem um certo nível a manter felizmente.
    .
    Quando quiseres participar com elevação e produtiva e sem insultos tacanhos serás sempre bem vindo.
    .
    saudações portistas

    ResponderEliminar
  24. Não quero ser advogado de ninguém, mas por que motivo este Ricardo Costa pode insultar os outros e não ser insultado?

    Sendo um convidado, não devia ser o primeiro a dar o exemplo?

    Por que motivo este blogue se transformou num feudo deste personagem?

    Por que motivo o grande Zirtaev permite isto?

    Este blogue sempre se primou pela liberdade de expressão e divergência de opiniões, por que motivo um portista não pode chamar cagão-mor ao Jesualdo?

    Por que motivo temos todos que ler pela cartilha de tal elemento?

    Por que motivo este artista transformou este blogue num templo de adoração ao Jesualdo e quem não cumprir o ritual adorativo é imediatamente incomodado por tal personagem, mesmo quando nem sequer lhe é dirigido a palavra?

    Por que motivo não é permitido a ninguém não gostar do Jesualdo?

    Responda quem souber.

    ResponderEliminar
  25. Victor é permitido expressar opinião.Não é permitido insultos e provocações de taberna como os feitos pelo Amialzone.
    .
    O insulto desse cariz,que vai para o aspecto pessoal e não para o argumento,isso não é permitido e nunca foi.
    .
    O próprio Zirtaev já apagou uma série de comentários contendo esse tipo de comentários.
    .
    .
    Alguém que vem falar que gosta de homens e falar em cornos e mais não sei o quê,claramente não me parece com o nível necessário para participar no blog,nem esse tipo de comentários contribuem para absolutamente nada.
    .
    .
    Por exemplo considero infantis,as tuas constantes provocações ao treinador do teu clube e a repetições algo infantis a todo e qualquer post.Mas como não insultas ninguém os comentários passam.
    .
    Assim como esse comentário do cagão mor.,passou.Viste-me a apagar tal comentário?Acho de mau gosto mas não o apaguei.
    .
    Mas tal como defendes a liberdade de expressão,então deves respeitar o facto de eu ter o dito de expressar a minha opinião sobre esse tipo de comentários e argumentações algo básicas na minha opinião, de que quando ganhamos é pelos jogadores,pelo Pinto da Costa etc,e quando perdemos a culpa é so do treinador.
    .
    O direito de expressão é isso.O eu poder comentar os comentários dos outros também,tal como tu adoras comentar os meus por exemplo sem que eu delete algum...Ou já deletei algum comentário teu?
    .

    .
    .
    Quando e sempre que entrarem no insulto pessoal e tacanho,é óbvio que enquanto se tratar de um texto meu,será automaticamente deletado.

    ResponderEliminar