03 maio 2009

Marítimo 0-3 FCPorto

R. Meireles 3', Rolando 64' e T. Costa 83'
Equipa: Helton, Fucile, Rolando, B. Alves, Cissokho, Fernando, R. Meireles (Guarin 21'), T. Costa, M. Gonzalez, Lisandro (Rabiola 87') e C. Rodriguez (E. Farias 84')

18 comentários:

  1. No Domingo toca a encher o estádio e mostrar aos apitos que é em campo que se fazem os campeões. Portista desde 1975.

    ResponderEliminar
  2. Se alguém tinha dúvidas, este fim de semana ficou sem elas. A máquina de jogar futebol que o mestre Jesualdo montou está cada dia mais afinada. Até jogadores vulgares, como Mariano ou Tomás Costa, são capazes de jogadas de génio. Domingo é para festejar mais um tetra. É bom ser Portista!

    ResponderEliminar
  3. "Até jogadores vulgares"...

    Enfim. Nao digo mais nada.

    ResponderEliminar
  4. Para mim, foi um jogo muito sofrido, demasiado sofrido, mas acabamos por ganhar bem, embora me tivesse irritado sobremaneira aquela falta de ligação do meio campo...Taaasssssssssssssssss...Domingo seremos Campeões.
    Para o ano precisamos de ter no meio campo, mais um ou dois jogadores de técnica superior!
    Não podemos viver neste tipo de jogo confuso e de repelões.

    ResponderEliminar
  5. Parabéns Jesualdo.
    Parabéns aos jogadores e à máquina do FCP.

    Grande jogo.
    Saber atacar, esperar e acabar com o jogo.
    Excelente.

    Quando deixarem de lateralizar tanto a bola, passaremos a ser o Barcelona de azul e branco...eh..eh..eh

    Só foi pena a champions, pois acho que com um pouco de sorte e engenho poderiamos ter despachado os vermelhos de manchester.
    Pró ano lá estaremos e se o PDC quiser mais fortes ainda.
    Allez PORTO Allez....

    ResponderEliminar
  6. Brilhante vitória , com o Sub comandante Tomás Costa em grande(esteve nos tres golos!)
    Este rapaz tem qualidade e substituiu na perfeição o Lucho gZ!
    ( alguns portistas engoliram mais uns sapos!)
    Uma palavra para o Cissokho que evitou o empate por duas vezes no inicio da 2ª parte!
    ...
    O qwe interessa é que esta quase e dentro de uma semana, queremos festejar o tetra!
    Venha ele!!

    ResponderEliminar
  7. Só falta mais uma vitoria!
    Boa exibiçao em termos colectivos do fcporto, soube marcar mas tambem soube sofrer.
    Até o rui santos falou bem do porto...
    Força PORTO e no proximo jogo é pra casa cheia no DRAGAO.
    VIVA O PORTO!

    ResponderEliminar
  8. Acabei de chegar do estádio dos barreiros.. e digo-vos aquele Guarin ou evolui, ou então acaba nos distritais, é claramente uma peça a "menos" no FCP. Não sei se tiveram a mesma impressão pela TV.

    Ainda bem que ganhamos, espero que a lesão do Meireles não seja grave e este recupere precisamos muito dele..
    Claque esteve estupenda!!

    ResponderEliminar
  9. E o mais estranho da jornada foi o excelente trabalho do João Ferreira...

    A caminho do tetra, estrada sem retorno

    ResponderEliminar
  10. Um bom fim de semana.
    Mais uma vitória e ... Tetra.
    As tretas ficam para os outros.

    ResponderEliminar
  11. Como é irratante ouvir sobre futebol na TV!

    No Domingo Desportivo, no resumo do jogo do Porto, é referido o lance da falta que origina o 2º golo.

    Depois, nas análises aos lances polémicos pelos 2 ex-árbitros, tornam a falar nessa falta.

    Lembra-se de Coimbra e da suposta falta que dá origem à mão do Meireles? Viram alguém na TV falar no absurdo que foi a falta marcada ao Bruno Alves e consequente amarelo?

    Esta parcialidade dá vómitos.

    Ora bem, já se pode berrar, não é? TETRACAMPEÕES!!

    ResponderEliminar
  12. O jogo foi mauzote e a exibição do FCPorto foi muito insossa e descolorida mas... ultrapassamos mais uma barreira e temos a questão mais do que resolvida.
    Ninguém recupera 6 pontos a três jornadas do fim em parte nenhuma do mundo.
    Eu concordo com o meireles. Se há sector que tem de ser reforçado é o meio campo porque não podemos contar apenas com Lucho e Raul Meireles para a época inteira. Tem de haver alternativas com qualidade garantida.
    O Guarin foi a decepção da época. Vi muito potencial e técnica apurada neste rapaz no inicio da época mas demonstrou, mais uma vez, que não tem lugar ali.

    ResponderEliminar
  13. guarin needs to be sent to another club next season s that he guets to play more.
    and fcporto need to start projecting the team to win the champions egain
    parabens PORTO!

    ResponderEliminar
  14. Vêm como não se pode avaliar corretamente um jogador que não tem minutos na sua posição de origem e para a qual foi contratado? O Tomás Costa joga na sua posição e "só" está nos três golos...Jogador vulgar? Então quero mais jogadores vulgares para o meu FCPorto. E que como ele dá tudo em campo, como aliás é apanágio dos grandes craques que passaram por este clube.

    Cumprimentos.

    ResponderEliminar
  15. A crítica analisou e chegou a uma conclusão de consenso por ausência de contraditório, dando o assunto por encerrado, sem admitir reabertura do processo: Tomy foi artista e enganou o árbitro: falta inexistente!

    Como é possível repetir vezes sem conta a imagem pelo tal ângulo que supostamente mostra que afinal não houve falta e manter sempre que não houve contacto / falta? É preciso acertar a meio da perna, partir ossos para ser uma falta? Não basta uma biqueirada rasante (que claramente se vê que aconteceu) para magoar e desiquilibrar?

    Além disso, o Tomás Costa precisava de ser mesmo um grande artista: a coordenação entre a biqueirada rasante e a careta imediata de dor está fantástica. Grande reacção de simulação, ao milésimo de segundo!

    Para quem está tão habituado a desmascarar pela expressão dos jogadores situações de simulação, desta vez estiveram muito desinteressados da expressão facial do jogador.

    ResponderEliminar
  16. Realmente este Nelson Barbosa brinda nos com cada perola de quando em vez... jogadores vulgares!?!? Haja paciencia

    ResponderEliminar
  17. Meus caros Soren e Daniel. Eu referi apenas o Mariano e o Tomás Costa, mas poderia referir alguns mais. É que estive a reler o que foi escrito neste Blog, nos mêses de Outubro e Novembro, e o adjectivo "vulgar", é até bastante simpático, mas nada como revisitarem o que foi escrito naquele tempo.

    ResponderEliminar
  18. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar