26 agosto 2009

Notícias do FC Porto, do burlesco até ao incrível sem Hulk

Falcao, Hulk, até Adriano, a Carolina, o Cardozo, o Liedson, o Carmo e a Trindade - que manancial!
Para quem está de férias, por aí, desligado da tv e preguiçoso para ir comprar o jornal "depois da linha férrea" enquanto escolho o peixe fresco em V.P. Âncora, vislumbrar uns títulos nos pasquins que, algo envergonhadamente, se vêem numa ou noutra esplanada, o choque com a realidade da net, quando se pode aceder com alguma relutância, é brutal.
A exibição de Falcao, com movimentação excelente e prontidão no remate, estranhamente não apareceu nas manchetes. O Jogo pegou bem na abundância do ataque portista, em quantidade e variedade de lances. Faltou referir que o conjunto mais concretizador da Liga tem:
- o dobro dos golos da equipa mais badalada da pré-época
- metade dos penáltis assinalados a favor face a essa mesma equipa
- 50% dos "livres de 11 metros" (Manuel Machado dixit) desperdiçados pelo colunável Cardozo
- dois golos (50% dos seus golos) em lances de bola corrida
- e, posso ser suspeito, mas acredito que tem muito mais futebol que qualqur outra equipa, por mais pintada (nos jornais) que seja
Ora, não é preciso prometer jogar o dobro, como o fazedor de promessas, sem que se vislumbre algo mais do que as habituais "bolas paradas". O FC Porto, segundo O Jogo, tem porém o estigma Hulk que vi chamado não sei porquê à 1ª página, enquanto noutra se vê qualquer coisa sobre um tal Kléber que não fará os 20 e tal golos que prevejo para Falcao na Liga portuguesa, mas isso sou eu apanhado do sol deliciosamente benevolente em Agosto.
Deve ser por isso, também, que ouço repetidamente uma acentuação espanholada não sei porquê num rapaz que tem nome português e parece que é brasileiro chamado Ramires, mas deve ser assim quando se perdem as contas aos portugueses da equipa - Quim não tarda a sair, tal como sai mal dos postes - e sobram sul-americanos que ficaram do outro lado da linha das 360 milhas a oeste de Cabo Verde segundo o Tratado de Tordesilhas. Sendo que nesta cidade espanhola comemora-se a chegada de uma rainha na Idade Média como se fosse uma nova apresentação de craque que ninguém conhece no Benfica, ou é influência desse Já vi que dá cacetada sem jeito mas sob o beneplácito dos árbitros do regime. 
Confesso que, consumado o empréstimo definitivo de Adriano ao Braga, quando li umas letras gordas em fundo negro e um "E tudo" qualquer coisa no Rascord pensei ser a entrevista prometida do brasileiro com a ameaça de "saiam da frente" mal ele abra a boca. Mas é o Paulo Bento, que pensei ser notícia apenas na altura em que seja corrido do Sporting, porque promessas de "forever" e tal é para Jesus e decerto para cumprir...
Ao chegar à net, altas horas da noite, o noticiário do FC Porto propaga-se com emoções fortes por um atropelamento do José Carmo, ironicamente um portista que conheço bem, quando queria enquadrar a Carolina com um carro à saída do tribunal. Pensei que fosse resolvido o caso do estampanço de um jipe de alta cilindrada numa noite na Ponte da Arrábida, para variar o local de outras noites, mas não tive notícias de qualquer julgamento e, na verdade, como só li os destaques nem sei se houve julgamento porque nada assoprou além desse vento forte de excitação de um toque de um carro num "chapeiro" dos jornais.
Não sei se houve algo mais importante que retivesse a minha atenção nas férias que de estirpe alta só mesmo por ser no Minho, em vias de uma incursão às Astúrias e Cantábria. Tenho é que me pôr a pau com a GNR, com toda a gente destacada para a estrada que até se esqueceu do FC Porto (mais uma notícia!) no hotel.
Algo de sonante, porque audível e visível, parece que só os hélis que vi esta tarde descarregar uns baldes de água num fogo de mata pequeno que não pensei justificarem tanto desperdício, não de água mas de benzina para as borboletas de ferro (chegaram a acorrer dois aparelhos), desproporcionado para o fogo que, em boa verdade, não existiu (é zona de mato rasteiro mesmo). Mas como havia fumo, para se fazer uma notícia lá apareceram os hélis e darão conta, certamente, de missão cumprida e registo para a posteridade e orgulho dos ministros que coincidem no Allgarve e fazem o frete de ir ver uma arriba que caiu ao mar como se fosse só isso em vias de desaparecer de Portugal.
Mas de fogo, mais que de mar, ainda se vai escrevendo as nomeações arbitrais, mas não arbitrárias, para os jogos do FC Porto. Depois do Xistrema e do João "Pode vir o João" que não marca penáltis e só empurrado pelo árbitro-auxiliar, lá teremos o Elmano na linha antevista de bons rapazes capazes de atrapalhar a marcha do campeão para o penta. Com nome de Elmano, depois do jogo marcho logo a Espanha e deixo Carlos Queirós escolher à força o Liedson que para muitos soa tanto a português que apanhou a tal alergia aos golos dos nossos avançados. Mas parece que ninguém discute nada, está tudo a banhos e bolas de berlim na praia.

7 comentários:

  1. Desculpem o off topic mas não podia deixar de dar a novidade.

    KLEBER NO FCP!

    25.08.2009
    Kléber se reúne com portugueses e deve mesmo deixar o Cruzeiro

    Globominas.com


    A poucos dias do fechamento da janela de transferências internacionais, o Cruzeiro vive a expectativa de negociar o atacante Kléber para a Europa. O prazo para que algum negócio seja concretizado é 31 de agosto, segunda-feira.

    Especulações dão conta de que Kléber teria participado de uma reunião, nessa segunda-feira, no Hotel Ouro Minas, na região leste de Belo Horizonte. O jogador do Cruzeiro teria acertado sua transferência para o Porto, de Portugal.

    A diretoria do clube mineiro, no entanto, negou que Kléber tenha sido negociado. E mais, negou que tenha alguma proposta oficial pelo atacante.

    Entretanto, a possibilidade é que realmente Kléber se transfira para o Porto. Como dificilmente enfrenta o Botafogo, na quinta-feira, no Engenhão, no Rio de Janeiro, Kléber não deve mais vestir a camisa celeste.



    :D

    ResponderEliminar
  2. Todos os adeptos do Cruzeiro já admitem que Kleber assinou com o FCP.

    Basta ler o Blog do torcedor/Cruzeiro do jornal O Globo.

    ResponderEliminar
  3. Zé Luís, tudo como dantes, o nosso FCP vai lá, tem qualidade suficiente para PENTA, mas como diz e muito bem vem aí o Elmano, mais um apitadeiro do regime que só por milagre não nos prejudicará. O regabofe nacionalpasquineirovermelho continua a arremessar tudo o que possa contra o tetra, o Adriano, o jornalista atropelado !!! e claro esquece manhosamente o potencial do dragão, falcão parece talhado para uma grande época, mas desde o dia em que fez voo picado directamente para o Dragão, desapareceu dos pasquins nacionais, jamais fará capa como fez durante as semanas de hipotetica aterragem no galinheiro. Mas tá-se bem, sempre no contra e desconfiados de tudo o que venha de lá. É ganhar à Naval e ainda antes disso, saber quem nos espera na champions, onde eu tenho grande fezada para esta época. Abraço à bancada

    ResponderEliminar
  4. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  5. POR UMA REVOLUÇÃO NO FUTEBOL EM PORTUGAL:

    http://www.ipetitions.com/petition/revolucaofutebolportugal/

    ResponderEliminar
  6. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  7. Ainda bem que o Kleber não vem.
    Não tinha lógica.
    Jogador caro.
    Jogador conflituoso.
    Jogador que não sabe o que diz, para pedir 30 ou 40 mil contos por mês, não pode saber o que diz.
    Que fique no Cruzeiro a ganhar 5 mil que lá é que é o lugar dele.
    Falcao é o nosso matador!!

    ResponderEliminar