23 agosto 2009

Falcao quebra ferrolho e abre caminho para vitória folgada

FCPORTO 3 - 0 C.D.NACIONAL
Marcadores: Falcao ( 66' gp), Rolando ( 73') e Rodriguez ( 86')


EQUIPA: Heltón, Álvaro, Fucile,Bruno Alves,Rolando, Fernando ( Farias 79'), Belluschi, Raúl Meireles ( Valeri 75´), Mariano, Varela ( Rodriguez 67') e Falcao

Foi quase uma vitória arrancada a ferros, mas acabou por ser um resultado tranquilo, aquele conquistado pelo FCPorto frente a uma equipa que confirmou a suas credenciais, o Nacional da Madeira apresentou-se bem organizado defensivamente, procurando tapar os caminhos da sua baliza, com um meio-corpo combativo, como na partida da época passada digo que Leandro Salino é um nome a fixar muito atentamente, e até, quando FCPorto deixava espaço, procurava ser atrevido no ataque, mas sem nenhuma oportunidade de golo.


Mas, o FCPorto conquistou uma vitória inquestionável, embora com números exagerados perante o que o Nacional tinha feito, sobretudo defendido, até à expulsão de dois jogadores, a equipa Tetracampeã foi sempre a melhor, mais esclarecida e com mais oportunidades de golo, fazendo até lembrar velhos hábitos em casa.


O jogo até começou bem agradável, muito disputado de parte a parte, com Varela, que hoje se mostrou mais solto embora necessite de ser mais atrevido não tendo medo de rematar, e Falcao nos lugares de Hulk e Farias, o Nacional da Madeira entrou decidido a complicar a vida ao FCPorto, mas aos 6 minutos Falcao deu o mote, num remate espontâneo, levando a bola embater no poste e na recarga Varela falha por pouco.


Até ao intervalo, a partida teve momentos interessantes, muito táctico de parte em parte, muito disputado no meio-campo, com a equipa portista a querer esticar o jogo, jogando muito pelas laterais, apenas faltando o acerto no último passe, além da eficácia, pareceu-me que a equipa ainda se está a habituar à maneira de jogar de Falcao, o que é normal, tendo este último rubricado uma exibição muito interessante, surpreendendo-me o seu “faro de golo”, não tendo qualquer problema em rematar à baliza, seja de que forma. Será que ainda necessitamos de mais um homem na área ?


Na segunda parte, o FCPorto entrou muito mais forte, logo no primeiro minuto, Varela cruzou de forma impecável e o jogador do Nacional tira o golo a Falcao, a pressão portista acentuava-se cada vez mais, adivinhando-se o golo a qualquer momento.


Até que, aos 66 minutos, tudo se alterou, Varela serve Mariano tendo este rematado e quando a bola se encaminharia para a baliza, Cléber desviou a sua rota com a mão, penalti sem dúvida, expulsão para o jogador nacionalista, que entretanto ainda vê mais um jogador seu expulso por, pensa-se, protestos. Falcao, o jogador que mais merecia um golo até ao momento, tratou de marcar o penalti sem hipóteses.


A partir daí, o jogo terminou, o ritmo baixou imenso, o FCPorto começou a jogar à vontade, sem oposição e passou a custar mais o tempo a passar.

Passados 7 minutos, num canto marcado por Belluschi, outra exibição interessante do reforço portista, Falcao cabeceou mas Rolando desviou a bola fazendo o segundo golo dos Tetracampeões.


Até ao fim, Rodriguez, que tinha entrado para o lugar de Varela, ainda teve tempo para empurrar a bola para a baliza, concluindo uma boa jogada de envolvimento portista, com Valeri a desmarcar exemplarmente Farias e este a servir o uruguaio que pôs um ponto final no resultado.


Por último, registe-se a excelente assistência, 40.309 espectadores, mas a comprovar um velho, e mau, hábito português, em vez do público puxar pela equipa, é o inverso que acontece, houve momentos em que o silêncio era quase total, excepção ao apoio das duas claques organizadas.


Para a semana, deslocação desta vez a um campo onde o ano passado não foi feliz, espera-se esta atitude, talvez com um pouco mais de eficácia, se bem que tenha marcado 3 golos, mas até o primeiro golo não esteve tão eficaz como no resto da partida.


Mas saiu-se com a sensação que estamos no bom caminho.


38 comentários:

  1. Não percebo nada disto...A bola é desviada por mão de um jogador, quando esta se encaminhava para a baliza com o guarda redes deitado para o lado contrário e o árbitro tem dificuldade em marcar penalti e expulsar o jogador que meteu a mão à bola????
    Depois e por insultos à sua venerável pessoa expulsa 2 jogadores do Nacional?
    Então agora os árbitros só actuam no jogo se alguêm os insultar, mas quanto às regras, as mesmas que se danem?

    Não sei de que se queixam os do Nacional?

    Quanto ao FCP, o Juju que se deixe de invenções e coloque o Raul Meireles a jogar no seu lugar de médio interior esquerdo, em vez de correr o campo todo. Beluschi não tem o raio de acção e nem sequer é Lucho que ocupava todos os espaços à direita ou à esquerda quando Meireles passava da esquerda para a direita.

    Quanto à substituição de Varela, esta foi muito bem efectuada porque o Prof. não quis arriscar uma lesão no seu jogador mais explosivo quando o Hulk está castigado e Cristian ainda enferrujado. A gestão destes pormenores é que produzem resultados para sermos campeões.

    Vamos em crescendo e vamos calar muitos calimeros e galinácios.

    ResponderEliminar
  2. bom Jogo do FCP com uma vitória sem espinhas, sem hulk e sem o P.Proença a apitar..perdão a empurrar!
    Falcão e Varela os melhores em campo... para que não haja duvidas sobre a sua qualidade!

    ResponderEliminar
  3. Aos justos destaques que refere o Louro, eu juntaria o de Beluschi: no último passe é magistral. Cada vez que jogava a bola para a área provocava um lance de perigo. No mínimo percebia-se sempre a intenção. Não sendo um Lucho, é um jogador forte no último passe.

    Estava a ver o resumo na RTP1 e um dos absurdos que disseram foi que o FCPorto só conseguiu desfazer a teia do Nacional a partir do pénalti e consequentes expulsões.

    Nada mais falso e desonesto. É facto que os golos só apareceram a partir daí. Mas o Nacional nunca resolveu os lances de perigo. O FCPorto falhou por culpa própria na finalização, mas oportunidades não faltaram.

    Começa a ganhar consistência o esquema elaborado por Jesualdo. Hoje o FCPorto foi mais equipa, mais perigoso. Melhor e mais objectivo no desenho das jogadas.

    Vão-se confirmando alternativas mais fortes ao onze incial. O terceiro golo foi construído por jogadores do banco, um deles, Veleri, executou um passe de mestre.

    ResponderEliminar
  4. "O FC Porto queixou-se hoje da ausência de escolta policial na deslocação entre Espinho e o Dragão, onde venceu o Nacional por 3-0, para a Liga de futebol, mas a GNR disse não ter recebido ordens nesse sentido. O Major Manuel Bastos, do Comando-Geral da Guarda Nacional Republicana (GNR), garantiu não ter havido qualquer ordem superior para efectuar a escolta à equipa do FC Porto, na deslocação de Espinho até ao Estádio do Dragão. Segundo uma fonte do FC Porto, o clube solicitou uma escolta policial para efectuar hoje o acompanhamento do autocarro da equipa desde Espinho, onde estava alojada numa unidade hoteleira, até ao Dragão. Todavia, nenhuma unidade de trânsito da GNR compareceu na unidade hoteleira onde se encontrava a comitiva portista para efectuar o serviço solicitado, pelo que o autocarro teve de fazer o trajecto por sua conta, chegando ao estádio mais tarde do que previra. O Major Manuel Bastos contactou os graduados de serviço da Unidade Nacional de Trânsito de Lisboa e do Porto e de ambos obteve a mesma informação: não chegou nenhuma indicação superior no sentido de ser efectuada a escolta referida. O mesmo oficial da GNR disse desconhecer "se o FC Porto fez ou não o pedido" ou se este não foi, por algum motivo, "considerado ou deferido", remetendo para a secção de trânsito da Direcção de Operações, que não funciona ao domingo, o esclarecimento cabal deste caso."

    Mas o que é isto minha gente?

    ResponderEliminar
  5. Devagar se vai ao longe... Diz o povo e bem. Boa exibição, agora é preciso consolidar as exibições, assim como os reforços. E o Penta é já ali............

    ResponderEliminar
  6. boa noite amigos portistas,
    visitem o meu blogue sobre o desporto por favor:
    http://ojornalismoeodesporto.blogspot.com/

    gostei do vosso jogo hoje,jogaram bem ao contrario da semana passada.falcao parece ser bom jogador.

    boa sorte para a liga dos campeões
    Saudações desportistas

    ResponderEliminar
  7. Foi uma boa exibição do FCP, para mais em casa e perante um nacional defensivo que não criou um única ocasião de golo, oxalá seja o prenúncio de outra capacidade nos jogos em casa onde na época passada perdemos demasiados pontos. Falcão começa a mostrar serviço, Varela tem muita qualidade, mas eu continuo a não ter engodo com o Mariano, podem dizer que é útil que é raçudo mas parece-me que a contínua insistência do Jesualdo nele impede outra alternativa se calhar muito mais conseguida, quando Hulk voltar e Rodriguez estiver no seu melhor como será ?, sai Varela na certa para continuar lá o trapalhão do Mariano, vamos ver como JF vai encaixar esta gente. Belushi é craque, precisa de mais tempo e daqyui a pouco ninguém tem saudades do Lucho. Ah e desta vez Fucile esteve ao seu nível e não entalou como costume (o Nacional também não atacou). E vamos lá criando automatismos com vitórias que é o mais importante. O paleio de lá de baixo e a tal euforia (para mim é mesmo caganeira) não se preocupem que ontem já estiveram com o rabo apertado até ao fim. Saudações à bancada

    ResponderEliminar
  8. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  9. Bom jogo da equipa toda, espero que os mecanismos se estabeleçam o mais rápido possível, para termos boas prestações tanto internamente como externamente.
    Fucile e Rolando não falharam 1/10 dos passes do jogo anterior, o que fez com que a equipa se mantivesse concentrada e controladora.
    Meireles quanto a mim, melhorou em relação ao ultimo jogo, esta a subir de forma, algo que só com os jogos se consegue.
    Valera esteve muito bem, expulsivo, pena que muitas vezes ganhava espaço e a linha mas olhava para a área e faltavam jogadores para finalizar..
    Estou desejoso em ver o trio em forma: Hulk, CR10 e Falcao, uma vez que o ultimo está a surpreender muita gente com a sua mobilidade e técnica..
    Belluschi teve uns pormenores deliciosos..
    Alvaro Pereira, quando teve permissão do juju (palavras ditas pelo mesmo) para subir, desinibiu-se, deu velocidade e cruzou..
    Valeri notasse a falta de ritmo, mas mesmo assim fez 2 passes magistrais em que um deles desmarcou o Farias para a assistência ao CR10, promete!!
    Quanto à substituição do Varela em detrimento do elemento menos no ataque (Mariano).. sem palavras ..

    ResponderEliminar
  10. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  11. Gostei!

    Vi um Porto forte, competente, com atitude, mas perdulário e com dificuldades em materializar em golos uma superioridade que foi flagrante, mesmo onze contra onze. Foi pena, porque a qualidade da exibição portista merecia, que muitos dos lances bem gizados, tivessem acabado no fundo das redes...oportunidades não faltaram.

    Continuo a pensar que falta alguém para a frente - diferente de Farías, melhor dizendo, parecido com o Lisandro. Espero que esse pensamento que era também dos responsáveis portista - não andavamos a negociar o Kléber? - não tenha mudado após a vitória gorda no jogo de ontem.

    Soren, sabes quem é o Ministro da Adiministração Interna não sabes? Sabes o que diziam do Dr.Fernando Gomes quando ia às Antas e ao Dragão e o que não dizem desse senhor, agora que está sempre na Luz, não sabes?

    Vamos acrdeitar que falhou qualquer coisa e não volta a acontecer.

    Um abraço

    ResponderEliminar
  12. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  13. O problema da escolta da equipa do Porto, tem a ver com uma "guerra" interna entre os militares da extinta Brigada de Trânsito e o actual Comando da GNR. Não tem nada a ver com o FCP. É um assunto relativamente simples, com alguns contornos políticos, mas não é este o local para ser discutido.

    Quanto ao jogo, foi bom. Claro que falta consolidar alguns automatismos, nota-se que ainda há algumas exitações, alguns passes errados, mas não podemos esquecer que metade da equipa que iniciou o jogo ontem, não era titular a época passada, quatro jogadores nem sequer estavam no clube, sendo linha avançada foi completamente nova, já que o Mariano em condições normais será suplente, bom suplente diga-se.
    Viram-se apesar de tudo, excelentes movimentos colectivos, o que prenuncia futebol de alta qualidade daqui por algum tempo, com resultados a condizer

    Infelizmente também se viu que continua a haver muitos adeptos com o assobio bem afinado.

    ResponderEliminar
  14. Acho que continua a existir algum trabalho pela frente para afinar a entrada dos novos,acho que este ano iremos ter mais alguns problemas pois de todos os que foram saindo a dupla Lucho/Lisandro são os que mais falta fazem...
    Falta algo no meio campo construtivo, penso eu de que...
    Mas temos de jogar com quem está e confio que chegaremos a bom porto.
    De ontem destaco Fucile com um grande jogo, Belluschi que passa bem, Falcão e ... Varela que pode vir, limadas naturais arestas, um caso sério.
    A rever também - e não é de agora - a questão dos passes, pouco precisos...

    ResponderEliminar
  15. É impressionante como o Rui Santos destila ódio acerca do FCP.

    Para ele, o jogo de ontem resumiu-se "ao erro do árbitro" no minuto 66. Como se a bola não fosse desviada de golo certo pela mão marota mas não premeditada do Cleber, como se o FCP não tivesse a registar uma boa exibição pecando apenas pela finalização.

    Mas como não tenho memória curta acho estrando que tal como fez no jogo Leixões-Porto não tivesse insinuado que o F.Meireles no jogo dos lampiões vs Amigos de Guimarães tivesse posto de forma "menos séria" e premeditada a mão à boa tal como como fez no caso do H.Morais do Leixões na época passada...meu caro Rui,o azul tolda-lhe a vista e enche-lhe o estômago de azia e a língua de veneno.

    Quanto ao nosso FCP, gostei da exibição de ontem, especialmente dos 1x1 do Varela e da agressividade do Falcão que provou a quem restava dúvidas que não é o Farias 2.0

    Mesmo assim julgo que necessitamos de um ponta de lança tecnicamente mais capaz com um campo de actuação mais alargado,à imagem do Licha.

    Saudações (des)portistas

    ResponderEliminar
  16. O jogo, bem, o jogo... gostei especialmente do resultado, aliás, tão pouco é o que mais me interessa nesta fase de fanfarra dos bombeiros voluntários da freguesia... quem quiser ópera nesta altura, que vá esperando pela vez, porque não é para já.

    Agora, importa é, mais que jogar bem e bonito, ganhar... missão cumprida com selo de garantia.

    Quanto aos desenhos em campo, voltei a ver a necessidade de ter que se criar 1001 oportunidades para se abrir a muralha adversária... desta vez até, em dose dupla, com grande penalidade, 2 expulsões na sequência e Falcao a obrigar toda a fantástica mole azul-e-branca que ocupava grande parte do majestoso e fabulástico anfiteatro azul-e-branca a pular de alegria pela primeira vez, nesse já inicio de noite... depois, foi sempre a abrir.

    Belluschi por vezes parece-me demasiado ausente do jogo, com pouca capacidade para "agarrar" o comando da nau a meio-campo, obrigando Raul Meireles a dupla missão e com isso, perdendo-se algum fulgor defensivo no meio do campo... pois nem um, são Lucho.

    Mariano, capaz do melhor e do pior... desta vez, voltou a colocar-me os nervos em franja.

    Varela, enquanto teve pulmão, foi o grande desiquilibrador para tentar abrir brechas na defensiva nacionalista.

    E mais um ou outro detalhe de somenos... importava ganhar... missão cumprida... com a certeza que ainda há muito, muito trabalho pela frente, moldando os nossos bravos guerreiros com a fibra de que se fazem os PENTAcampeões... que fica já ali ao lado.

    Sobre a arbitragem, diria apenas que igual a si mesma... irritante, enervante, chegando ao cúmulo de receber aqui e acolá, aplausos de toda a plateia, por finalmente, conseguir descortinar uma falta a favor que fosse, dos que equipavam de... azul-e-branco.

    ResponderEliminar
  17. Gostei bastante. Para esta fase da época e a integração de novos elementos, gradual, está bem, tem de melhorar obviamente mas foi muito agradável.

    Sentiu-se muita serenidade e uma força tranquila a impor-se desde cedo em campo. Gostei do Nacional, a sair bem a jogar mas sem profundidade porque o FC Porto defendeu muito bem e Fernando esteve ao seu nível, bem como todo o meio-campo e os laterais que ajudaram bastante o ataque.

    As oportunidades falhadas da 1ª parte mostram a ansiedade do Varela e o voluntarismo inesgotável do Mariano, que corre e faz tudo mas vacila a finalizar e bem merecia pelo trabalho que fez.

    O Penálti? Bem, lá teremos de falar do árbitro que se esquece muito das regras ou vê pouco contra o FC Porto.

    ResponderEliminar
  18. Adriano no Braga. Finalmente o FCP vê-se livre de um problema complicado. De facto a situação dele no Porto era caricata. Que um jogador treine sozinho uns meses, até à próxima abertura de mercado, compreende-se, agora dois anos, é no minimo bizarro e nada abonatório para o seu profissionalismo.
    Ainda hoje o Adriano vai ter atrás de si uma chusma de pasquineiros a obrigá-lo a falar mal do FCP. Estou curioso em verificar se ele vai fazer-lhes a vontade.

    ResponderEliminar
  19. Gostei!

    Também eu sou dos que não pedem ópera nesta altura do campeonato. Penso que ontem deu para aferir que o plantel está cheio de boas soluções. Atrevo-me até a afirmar que esta equipa tem tudo para ser a melhor na "caminhada para o penta".

    Ainda assim, gostava de ver o Kleber neste 11 de fogo:

    1. Hélton
    2. Fucile/Sapunaru
    4. Rolando
    5. Alves
    3. Alvaro

    6. Fernando

    7. Beluschi
    8. Meireles/Valeri

    10. Hulk
    9.Falcao
    11. Rodriguez


    E agora uma coisa que "não" tem mesmo nada a ver...

    Amanhã, na edição do jornal "O Diabo"...

    ► Exclusivo:
    Estádio do Dragão estava na mira de 4 árabes suspeitos de terrorismo detidos pela polícia no Porto





    É caso para dizer...

    - E esta, hein?

    ResponderEliminar
  20. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  21. Um bom jogo da equipa em geral. Não sei de que é que se queixa o Machado, mas enfim.

    Eu gostava de ver o "bom senso" com o Hulk, mas enfim.

    Destaque para Pereira, Varela e Falcao.

    Valeri deu mostras de grande capacidade de passe.

    Escolham o jogador, o treinador e a equipa da semana da Jornada.

    ESCOLHAM O 11 DA JORNADA

    em

    http://ojornalismoeodesporto.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  22. O jogo foi razoável, valeu sobretudo pelo resultado.

    Penso que esta exibição foi devida à falta de tempo para a perfeita integração dos reforços.

    Por exemplo o Belluchi parece-me que vai ser importante no meio campo portista mas ontem tinha momentos que desaparecia do jogo e isso notava-se no rendimento da equipa.

    Falcao e Varela estiveram bem e com um pouco de sorte tinham resolvido o jogo logo nos primeiros minutos, mas falta-lhes ainda ritmo para 90 minutos.

    Quanto ao Álvaro Pereira, uma 1ª parte assim assim e uma 2ª parte muito boa.

    Sendo este jogo da segunda jornada fico com fortes convicções de que o penta não fugirá.

    SAUDAÇÕES PORTISTAS!!!!!!!!!

    P.S.1 Para os fanáticos da arbitragem queria apenas dizer uma coisa simples, a exibião de ontem mesmo não sendo boa teria sido mais do que suficiente para termos ganho o jogo na semana passada e nem nos lembrarmos do palhaço do apito.

    P.S.2 O Hulk é sem dívida um grande jogador de futebol mas penso que a sua ausência na equipa nesta fase da época vai beneficiar o colectivo, porque o futebol ofensivo da nossa equipa estava a tranformar-se em pontapé para o Hulk e ele que resolva e assim sem ele viu mais futebol, mais trabalho na elaboração do nosso futebol ofensivo.

    ResponderEliminar
  23. Quero chamar a atençao do Zé Luis e do menphis para o comentario das 22:03 que nao é meu.

    Isso pode ser comprovado pela pontuaçao que é portuguesa e nao inglesa (que é aquela que tenho no meu teclado) e pelo nome "soren", que tem o "s" escrito com letra pequena.

    De facto ha muita gente que nao tem nada que fazer na vida.

    Desde que os Ricardos Costas se retiraram que as ratazanas e bimbos começaram a proliferar. Sinal que este blogue faz "comichao" a muita gente.

    Pergunto se nao é possivel bloquear a identidade destes adolescentes? O numero é o mesmo que aparece a imitar o Meireles: http://www.blogger.com/profile/05218408850026909558.

    ---------------------------

    Nelson Barbosa: como nao nasci ontem, nao comungo da sua opiniao.

    Alias ja assisti à tentativa de assassinato da nossa equipa de hoquei num qualquer tunel da capital falida, a uma "operaçao stop", que impediu a claque de entrar no perimetro dessa mesma capital falida e a um ataque bombista ao autocarro da mesma claque na area lisbonense dos ayatolas.

    Essas coincidencias e "pseudo-falhas" de comunicaçao sao uma tentativa de explicar o inexplicavel, num estado de direito que mais parece um pais arabe a avaliar pelo numero de familias que concentram em si a riqueza e, pelo que é normal e deixa de ser dependendo de quem é o interveniente.

    Essa situaçao é muito séria e deve ser levada a sério. O lesado foi mais uma vez o Futebol Clube do Porto (outra coincidencia) e as explicaçoes para o sucedido sao mais uma vez terceiro mundistas.

    ResponderEliminar
  24. já temos festa para o resto da semana

    A manhã do reencontro entre Pinto da Costa e a ex-companheira terminou com um atropelamento do jornalista do Jornal de Notícias, José Carmo, no momento em que este tentava enquadrar a passagem do carro - onde também seguia o presidente do FC Porto -, com Carolina Salgado

    ResponderEliminar
  25. Alguma melhoria na performance da equipa, mas os mesmos defeitos: Ineficácia no remate, muitos passes transviados, cruzamentos mal efectuados, pouco discernimento no contra-ataque e alguns jogadores em sub-rendimento.

    A atitude melhorou e por isso o FC Porto foi mais ofensivo e mais dominador.

    Vitória justíssima frente a um adversário que se limitou a defender.

    Mariano durante todo o jogo foi surpreendente... ou talvez não, face à simpatia que o técnico lhe dispensa.

    Alimento a ideia da necessidade de mais um avançado que complemente os que já temos. Possante, de remate fácil e bom de cabeça. Não sei se o candidato de que se fala tem todas estas características.


    Um abraço

    ResponderEliminar
  26. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  27. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  28. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  29. por falar em motoristas, em que ponto estará este processo ?

    "Os clientes da CGD que estavam, 2.ª-feira, na agência de Telheiras assistiram, atónitos, a uma agressão praticada pelo motorista do presidente do SLBenfica, incitado pelo próprio Luís Filipe Vieira. A PSP interveio e as câmaras do banco registaram tudo. Não é a primeira vez que o presidente do Benfica é protagonista de casos desta natureza.
    Fonte oficial da PSP confirmou ao SOL que ontem mesmo Tiago Pina formalizou uma queixa contra Luís Filipe Vieira e o motorista: o primeiro por o ter insultado e o segundo por o ter agredido com «socos e pontapés».

    Tiago Pina conta que naquela tarde ia «fazer um depósito» no banco e aguardava na fila, quando se apercebeu que um Mercedes buzinava com insistência no exterior. Era o seu Opel Corsa que estava mal estacionado e a bloquear a passagem. Saiu, retirou o carro, mas os ânimos não acalmaram: «O motorista insultou-me de todas as formas e depois o Luís Filipe Vieira abriu o vidro e continuou».

    Um comentário de Tiago foi a gota de água: «Ainda por cima és do Benfica». Vieira e o motorista, acusa, foram atrás dele até ao interior da agência e o que seguiu foi uma cena de pancadaria. «O senhor Vieira põe-me a mão no ombro, começa aos gritos e o motorista desata a agredir-me que nem um louco. A cada soco eu caía no chão», acusa Tiago Pina, que foi auxiliado pelas pessoas que estavam na agência. «Todos tentaram ajudar e impedir o pior». Três funcionários da CGD estão indicados como testemunhas do caso. A Polícia chegou ao local já os agressores tinham saído. Mas as câmaras de videovigilância registaram a cena e a PSP vai agora visionar as cassetes.

    Tiago recebeu tratamento ao fim da tarde no Hospital de Santa Maria – cujo relatório das lesões foi anexado à queixa: «Estou cheio de hematomas na cabeça», desabafa.
    "

    ResponderEliminar
  30. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  31. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  32. este levou com um envelope na cabeça
    http://oantilampiao.blogspot.com/2009/07/democracia-rosinha.html

    ResponderEliminar
  33. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  34. é uma pena que todos os lampiões sigam a cartilha da parvoeira

    ResponderEliminar
  35. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  36. Mais uma vez, o comentario das 17:47, nao é meu. Embora agora a criança tenha optado por colocar um "S" maiusculo. Pode ver-se novamente pela pontuaçao.

    Nao custa nada ver o numero e apagar. O mesmo numero: http://www.blogger.com/profile/05218408850026909558.

    -----------------------

    Quanto ao jogador que falta. Penso que sim, que continua a faltar um avançado poderoso fisicamente, com as caracteristicas descritas pelo DragaoPentaCampeao que ajude a desempatar jogos "emperrados" e que de outro tipo de profundidade ao 442.

    Com os jogadores que temos e com o tipo de meio campo que Jesualdo quer utilizar, o 442 é mais uma vez impossivel de aplicar. A falta de flexibilidade tactica que se viu o ano passado e que foi tao madrasta nos jogos em casa pode manter-se esta época.

    Belluschi vem coltamar um pouco esta falta de flexibilidade com o ultimo passe de génio e com a aproximaçao à area que, penso eu de que, ajudara a abrir latas, tanto mais que Falcao se movimenta muito bem na frente.

    Mas sem duvida que gostei muito do que vi no Domingo.

    ResponderEliminar
  37. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar