21 janeiro 2010

Não pactuo com árbitros de merda nem imitações da mesma matéria


Fim da parceria com o blog Futebol - o Desporto-Rei

Hoje, 5ª feira, podia aparecer uma crónica minha no blog em que temos parceria, estabelecida a convite do Futebol - o Desporto-Rei.

Mas a parceria acabou. Não por causa do blog em si, mas por outras parcerias desse blog. Uma delas, lamentável e tristemente, é de um certo Referee Tip. Um blog que não sei se é de árbitros, ou sequer para árbitros. Pode ser para pascácios, adeptos do Benfica ou frequentadores de um manicómio. Mas para mim não é, não partilho nem pactuo com certas coisas e não convivo com quem não quero. Mesmo que não nos tenhamos conhecido, porque nem o Carlos Santos do Futebol - o Desporto-Rei conheci, limitei-me a aceder ao amável convite que então me fez e estabelecemos a parceria mediante uma crónica semanal, a do "Poder Portista".

O Referee Tip, esse, já tinha conhecido. Através de terceiros, cheguei lá e espreitei. Torci o nariz. Deixei lá uma vez um reparo forte, contundente, sustentado, justificado e não rebatido.

Nunca lá mais pus os pés. Há tempos, apercebendo-me da coincidência de também por ali aparecer em parceria, voltei a metralhar a sua coerência e idoneidade. Até que, esta noite, dei de contas com mais uma das suas famosas análises. Em parceria com o Futebol - o Desporto-Rei. Não, não era o alegado fora-de-jogo do Falcao. Era o famigerado golo "provavelmente" com a mão. Para mim chega, que só calco merda quando estou distraído.

Repito, não tem a ver com o blog com quem aceitei uma parceria. Tem a ver com companhias que rejeito, mesmo à distância. E, assim, publico o e-mail que enviei ao Carlos Santos, sem menosprezo da cordialidade com que sempre nos tratamos sem nos termos conhecido algum dia. Foi assim:

"Carlos Santos,
Nunca nos conhecemos e assim vamos ficar.
Recebi com agrado o teu convite, mas agora digo-te que para mim cessou a parceria com o teu blog.

Deixei esta mensagem na caixa de comentários do Referee Tip:
“Ó cavalgadura (o Referee Tip),
a ti passou-te ("ele" diz que "a mim passou-me" não ver o lance na tv).
Mas passou ou não?
Terá marcado com a mão (admitiu que Falcao marcou com a mão, apesar de lhe ter passado)?
Mas viste, alguém viu (escreveu que terá marcado, mas o árbitro fez bem em validar o golo)?
Vai dar banho aos árbitros!
Tem vergonha!

p.s. - dei só a espreitadela aqui à procura da minhoca habitual que esta cambada cava sempre em qualquer lado. Aproveito, mas fá-lo-ei também por e-mail, para dizer que deixo de colaborar com este blog. Não partilho nem pactuo com gente deste calibre. Se forem árbitros, estão bem na corja; se não forem, podiam sê-lo, porque imitam muito bem.”

A propósito do comentário lá feito ao golo do Falcao. O que valeu, porque o que foi anulado não aparece.
Não aturo merdas destas, podes não ter culpa, mas eu não tenho estômago.

Gente assim vão pró caralho. E, obviamente, darei conta deste fim de parceria no meu blog, por este motivo, por causa de gente de merda que merece ser tratada como tal mas não que nos habituemos a sujar as mãos.

As melhoras para o teu blog.

Zé Luís"

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  2. Alberto, não vou considerar o seu comentário. Não tem perfil e pode inventar o nome que quiser.

    Mesmo assim, sobre a redução de clubes, digo-lhe que há muito não concordo e que, precisamente pelo clima de crispação e suspeita hedionda que conspurca o futebol dentro e fora das quatro linhas, seria o cúmulo - faltaria andarmos aos tiros - ter 4 vezes na época jogos entre Porto, Benfica, Sporting e outros.

    Como há muito escrevi e sustento, tornar-se-ia insustentável. E, definitivamente, o ar seria irrespirável, quando já fede, é nauseabundo.

    Sobre as suas opiniões de lances de arbitragem, desculpe mas estou-me a borrifar para isso.

    Sobre a sua opinião de o Porto não ter jogado para ganhar, borrifo-me completamente.

    Nesta altura o que rejeito são moralistas de ocasião, sejam portistas ou adversários. E muito menos quem queira tapar o sol com a peneira.

    O FC Porto voltou a ser prejudicado pela arbitragem, gravemente, no Restelo. Por muito mal ou bem que jogue a equipa, esta época tem sido trucidada pelas arbitragens.

    Em contraponto, por muito que elogiem o "melhor futebol" do Benfica, só vejo jogos em que os árbitros ajudam e muito, precisamente nas situa~ções em que prejudicam o FC Porto. E ninguém me vem demonstrar o contrário.

    ResponderEliminar