28 fevereiro 2010

Adeus Penta, até depois.

SPORTING 3 - 0 FCPORTO
Marcadores: Djaló ( 6 ´), Izmailov ( 45´) e
Miguel Veloso ( 47´)

Depois da sinfonia de futebol da jornada anterior, o FCPorto, em Alvalade, mais parecia um conjunto filarmónico a tocar música de quinta categoria. Este FCPorto, a jogar assim, não merece ser campeão, nem teve atitude de campeão. As camisolas foram as mesmas, os jogadores também, mas a atitude foi completamente diferente da das últimas exibições, e logo nesta altura onde estes três pontos poderão ter levado a dizer adeus ao sonho do Pentacampeonato.

O FCPorto teve um jogo em tudo o contrário do que tem feito nas últimas partidas. É verdade que também se poderá queixar da falta de sorte, sofre três golos quase caídos do céu, e em alturas cruciais da partida, quando o Sporting pouco tinha feito para isso, mas a equipa não foi capaz de tornear as dificuldades de jogar contra um adversário que se preocupou mais em não deixar jogar, fazendo faltas e mais faltas, e pontapeando bolas para o ar, não conseguindo dar agressividade ao seu futebol, falhando imensos passes no meio campo. O FCPorto não se conseguiu encontrar e não foi feliz no incómodo casaco de forças que o Sporting lhe vestiu logo no inicio.

A equipa de Jesualdo Ferreira ficou abalada depois do golo sofrido, aos 6 minutos, e não conseguia colocar a bola no chão, indo no jogo do seu adversário, com os extremos Varela e Mariano a fazerem tudo mal, a equipa sentia dificuldades em querer impor o seu jogo.

No meio da primeira parte, ainda conseguiu equilibrar e empurrar o Sporting para trás, que apenas se preocupava em afastar a bola da área, mas o FCPorto não conseguia fazer uma ligação meio-campo/ataque com qualidade, falhando bastante no último passe.

E depois desse equilíbrio, um pontapé no meio da rua, no meio do nada, o Sporting alarga a vantagem, indo para o intervalo a vencer com um resultado injusto, embora aproveitando os erros do conjunto portista.

Na segunda parte, Jesualdo Ferreira mandou entrar Belluschi na procura de uma melhor atitude da equipa, mas levou como resposta mais um golo caído do céu para o Sporting, com a equipa a estender a passadeira e a deixar jogar, Miguel Veloso rematou forte não dando hipóteses ao guarda-redes portista.

A partir daí, o jogo terminou, e o que assistimos foi um baixar de braços dos jogadores portistas que não mais conseguiram levantar a cabeça. Vá lá que não se perdeu a dignidade e a equipa lutou para não sair de Alvalade vergado com o peso de humilhação histórica e também os jogadores tiveram auto-controlo suficiente para não se perderem em situações tristes e nada dignificadoras.

Quanto ao título, são 9 e 8 pontos de diferença para os seus adversários, cabe ao FCPorto encarar o resto do campeonato de forma digna e lutar pelos títulos nas outras três competições em que está inserida.

Quanto a esta partida, é necessário que não seja uma noite para esquecer, mas sim para ficar bem lembrado na mente de todos, que noites destas não podem voltar a acontecer, porque este não foi Porto que jogou em Alvalade.

23 comentários:

  1. Que tristeza...
    Da mesma forma que olhei para as recentes goleadas com pragmatismo, hoje foi o corolário dessa precaução.
    Este equipa é desiquilabrada, mal orientada e mal gerida.
    A época, no que toca ao título é finita. Vamos lá ver se vencemos ainda algo esta época e esperar que na próxima tenhamos UM PRESIDENTE, UM TREINADOR, UM STAFF TÉCNICO E JOGADORES EM CONDIÇÕES.
    Que porcaria...

    ResponderEliminar
  2. Que tristeza de jogo, num jogo de tudo ou nada tivemos a agressidade de uma equipa de infantis. Não fizemos uma jogada com príncipio meio e fim, um remate com intenção ou uma jogada de perigo. Não houve ninguem que destoasse desta mediocridade, o menos mau foi o Helton. Hoje repetimos a exibição dos Barreiros sem que nada o justificasse. Agora é esperar que o Braga continue na senda de vitórias porque sendo portista em Lisboa, já não posso ouvir os lampiões!

    ResponderEliminar
  3. Parabéns ao Sporting pela atitude demonstrada. Acabou a possibilidade de o FCP ser Penta. Resta-me a esperança que esta época sirva de forte reflexão por parte de todos os portistas - sobretudo aqueles que não entendem que a mansidão tem sido um mau exemplo vindo da "torre das antas". É premente limpar a merda que exala vinda da SAD.

    ResponderEliminar
  4. Não gosto de JF,desde sempre nos jogos fora,com equipas com mais nome, tem medo e mexe na equipa e ela ressente-se.....Porque não jogou com Bellushi e Micael no meio campo?Tudo correu mal, mas nós ajudamos.Já estou com pena de termos ganho ao Braga....

    ResponderEliminar
  5. Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

    ResponderEliminar
  6. Estava à espera de um árbitro melancia, da mansidão e falta de querer do FCP é que eu sinceramente não estava à espera.

    Foi mau demais.

    ResponderEliminar
  7. Nem a Champions meu Deus...
    Haja dignidade e força para vencer as outras competições(e fazer o que se puder na Champions)
    Se ainda conseguirem vencer as Taças não será uma época 100% negativa,mas sempre com o amargo de boca de não termos chegado ao Penta.
    Perdemos o campeonato quando não fomos capazes de vencer o paços,o belem,e o leixões.



    Para o ano a II Liga Europeia é para vencer e o ciclo para ser retomado.

    ResponderEliminar
  8. Acabou o sonho!!!
    E vamos ter q receber o benfas ja campeao em casa.....

    ResponderEliminar
  9. grande jesualdo!!!

    e os craques mariano e guarin!!

    é continuar a apoiar!!! o jesualdo é o maior!! continuar a comprar contentores para as comissões!!

    força!!

    enfim..

    ResponderEliminar
  10. As esperanças no penta se ainda as havia foram-se!
    Que raio de mudanças no onze!Estava a poupar para que jogos?
    ´Mesmo assim lá estarei no Sábado às 17 para apoiar a nossa equipa!
    Saudações Portistas
    duck
    p.s.penso que este jogo foi o fim definitivo do ciclo do Jesualdo no nosso Clube!
    p.s.houve falta de respeito por todos os que estivemos em Alvalade apoiar o nosso Clube e porque não dizer como todos os Portistas!

    ResponderEliminar
  11. O jogo foi mau, muito mau, mas honestamente, talvez porque o consenso em torno da desgraça impere, tenho algumas dificuldades em desgraçar hoje a equipa. O Porto vem de uma óptima série de jogos com goleadas ao Braga e ao Sporting e uma vitória sobre o Arsenal.
    O que aconteceu hoje, pode acontecer sempre numa época. Tudo correu bem ao Sporting e tudo correu mal ao Porto.
    O primeiro do Sporting acontece graças a um ressalto no seguimento de um lance de falta sobre Varela, logo nos primeiros minutos da partida. Depois, apesar dos escassos remates realizados, o Porto foi superior ao Sporting, e fiquei inclusivamente com muitas dúvidas num empurrão ao Falcao na área do Sporting.
    O Sporting acaba por marcar no último lance da primeira parte na sequência de novo ressalto caprichoso e de nova falta por assinalar.
    Depois de nova entrada com golo do Sporting (displicência de Bruno Alves e novamente sorte leonina em ressalto no poste em que a bola vai direitinha para o paneleirote do Miguel Veloso), a equipa desistiu.
    E apesar de podermos criticar essa desistência, a verdade é que a equipa tem tido uma cadência de jogos brutal e, naquele momento, o Porto sentiu que o campeonato tinha definitivamente fugido. Daí para a frente, sempre com uma arbitragem à chico esperto, o Porto não teve discernimento.
    Mas tudo isto só se explica com a primeira metade da época, essa sim muito censurável, em particular nos jogos fora com Braga, Marítimo e Benfica, onde o Porto não foi digno da sua história.
    Hoje, enfim, hoje, foi apenas o desfalecimento final, no meu entender compreensível tendo em conta as condicionantes do jogo.
    Importa agora ganhar e esperar que um dos dois da frente (presumivelmente o Braga) possa tombar para chegarmos a LC. Nisso, eu ainda acredito.

    ResponderEliminar
  12. Não esperva hoje até pela sucessão de jogos que temos tido uma grande exibição,mas pelo menos uma equipa de garra,batalhadora e o que se viu é que desistimos muito cedo do jogo,contra um adversário que também não jogou muito melhor mas teve mais atitude!
    Saudações Portistas
    duck

    ResponderEliminar
  13. Ha dias de azar, de aselhice, de desconcentracao etc...
    Infelizmente, esta epoca andamos como se disse, do 8 ao 80 de um momento para o outro.
    Razoes muitas: arbitragens,castigos encomendados,calendario preenchido com muitos jogos, plantel curto, planeamento da epoca , ou as opcoes do treinador.
    Quando terminar a epoca termina um ciclo.,o do treinador , o das presenças consecutivas na Champions league, mas o clube continua.
    Neste jogo aconteceu futebol e algo mais:
    O FCP do Jesualdo nao sabe jogar contra equipas agressivas que, sabendo da complacencia dé certos arbitros(O Joao Ferreira ou o Bruno Paixao), apostam na cacetada gratuita , para intimidar os nossos jogadores.
    Veja-se o caso de Miguel Veloso
    que apanhou amarelo, apenas apos a terceira patada!...(E O GRIMI?)
    No lance do 1º golo,existe fora de jogo do Izmailov, mas alguns minutos depois, o Falcao fica isolado para poder empatar a partida e anulam a jogada por fora de jogo inexistente!
    Depois houve jogadores como o Mariano que fazem pessimos jogos e que perdem bolas infantis (veja.se a jogada que originou o 2-0!)..e outros que tambem adormecem (Meireles,Rolando etc..)sabe-se lá porquê...
    Só nao estoou habituado a perder 9 ou 10 jogos nas ultimas 2 epocas , isto a contar para o campeonato e aí meus amigos..existe dedo do professor Jesualdo, pois nunca fui habituado a ver um FCP que ou é 8 ou 80!!!
    Ao menos que tragam dois canecos internos, já que, na Champions nao tenho grandes expectativas...

    ResponderEliminar
  14. Leio este blog desde à muito tempo, sempre com bastante atenção e nunca escrevi porque quer ganhemos ou não os jogos, sempre li os comentários dos restantes portistas e me revia na maior parte deles.

    Acontece que sendo portista em Lisboa e vendo o jogo ao vivo, me apercebi de uma coisa que me deixou chocado e apreensivo quanto ao futuro. Não foi a equipa não jogar rigorosamente nada e perder 3-0, isso já aconteceu noutros jogos (Maritimo no Funchal com outro resultado) e não senti necessidade de escrever...

    Existe um senhor que depois daquilo que eu vi peço-lhe que faça questão de sair do grande FCP porque a cabeça dele não está no nosso clube. A sua exibição miserável, falta de companheirismo que houve pelo Rolando (a dada altura do sitio onde eu estava a ver o jogo havia sportinguistas a dizer que o Bruno Alves estava a gozar com o Rolando) que teve de limpar tudo o que havia para fazer na defesa, afastava-se da bola (o lance do segundo golo é assustador), implicava com tudo e com todos, enfim...

    Bruno Alves faz um favor aos portistas e pede para sair, a tua cabeça não está aqui e foi um erro teres ficado. Espero que o erro maior não aconteça com a tua renovação...

    Obrigado por tudo mas assim não dá, e desconfio depois daquilo que vi que não vai dar mais...

    ResponderEliminar
  15. Concordo com o Hugo Roque, o Bruno fez e tem vindo a fazer uma má época não tanto pelas exibições (ontem fez uma exibição desastrosa) mas mais pela falta de liderança e de vontande de vencer indigna de um verdadeiro capitão do FCP.

    Será falta de motivação? Será birra por não ter saído? Não sei, mas o que sei é que este não é o Bruno autoritário e líder do ano passado.

    ResponderEliminar
  16. Também já o disse aqui há algum tempo. Este Bruno Alves está a jogar contrariado, está a fazer um frete. Já nos deu muito, mas neste momento é encostá-lo e dar lugar ao Maicon ou ao Nuno Coelho. Já no jogo com o Benfica eu chamei a atenção para o facto de muito embora o lance do golo tenha sido precedido de fora de jogo, quando a bola é despejada pelo David Luís, ele limita-se a levantar o braço como quem diz "a situação está controlada" e não conta com o Saviola por trás. Se fosse na época passada, de certeza que a bola tinha sido cortada por si. Adeusa Bruno Alves.

    ResponderEliminar
  17. alertado por um amigo queria vos dizer que o lamp que se tranveste com o meu nick voltou a aparecer
    28/2/10 22:51

    o meu perfil está sempre acessível o que não é o caso de falso offshore

    ResponderEliminar
  18. Hugo,
    Tb estive no estádio e concordo no aspecto em que o Bruno Alves fez uma exibição patética.
    A falta de autoridade e garra da defesa foi algo que me entristeceu bastante no jogo de ontem.

    ResponderEliminar
  19. BA está a espera de fazer um grande mundial.
    Esqueceu-se completamente que também deve a importância que tem, ao FCP.

    É uma altura complicada para quem já tem 27 a 28 anos. Falhando este mundial, nunca mais tem outra oportunidade.

    Infelizmente o treinador não percebeu isso nos jogos anteriores, pois os sinais já vinham de trás.

    Aquela confusão em que se envolveu com outros e que lhe custou uma ida à bancada também pode ter precipitado esta situação.

    No golo do Benfas, não só levanta o braço como ainda se abaixa contando que o Helton se fizesse ao lance.

    ResponderEliminar
  20. Caros Amigos, eu já tinha avisado desde o meio da Temporada anterior que este cenário poderia ser uma realidade caso o Dragão não mudasse o seu rumo e se reforçasse verdadeiramente e não para a Comissão.

    Custa-me ver o Ulkra, Castro e Tengarinha a brilharem no Olhanenses e ter no Porto toscos como o Mariano, Guarin, Tomás Costa, "aleijados" como o Valeri que vieram para o "SPA" para recuperar e Prediger que veio substituir o cliente habitual do Mac Donald Bollati.

    Foram muitos erros que agora custaram um Penta ao Dragão. Mas mesmo assim o FC Porto ainda pode ganhar a Taça de Portugal, ir bem longe na Liga dos Campeões onde não tem nada a perder e tudo a ganhar.

    Deixei a Taça dos Treinos de lado porque aquilo é uma bruta de palhaçada para agradar ao Benfica. Se o FC Porto a ganhar que a atire ao Rio Tejo aquando da sua viagem de regresso ao Porto.

    Vamos a ver quem ganha o campeonato. Eu quero que seja o Braga, não por causa da rivalidade nem pelo facto de haver muitos Benfiquistas que não sabem ganhar e muito menos perder (a estes dou o desprezo total), mas sim porque o Braga merece ver o seu esforço compensado apesar de uns certos "tipos" o terem tentado tramar ao suspenderem o seu Jogador Vandinho.

    E o mais engraçado é que o Benfica vai ficar sem pilhas ainda antes do fim da temporada e ainda tem de receber o Braga, o Sporting e visitar o Dragão...

    Perder o Penta não é o Fim do Mundo como muitos Parolos de Vermelho andam para ai a cantar pela Net fora. Vai servir para o Dragão renascer e voltar a ganhar mais 4 ou 5 Campeonatos seguidos sem falar nas Campanhas Europeias, sejam elas na Liga dos Campeões ou na Liga Europa. Lembrem-se do 1º ano de Mourinho.

    Claro que a Era de Jesualdo terminou. Fez muito pelo FC Porto e estou-lhe agradecido, mas está na hora de sair... Está na hora de dar lugar ao Vilas Boas.

    Cumprimentos para todos e saudações Portistas!!!

    ResponderEliminar
  21. Se já era uma missão bastante complicada, com o resultado de hoje essa missão tornou-se praticamente impossível, apesar do nosso capitão Bruno Alves e do treinador Jesualdo Ferreira não atirarem a toalha ao chão e ainda acreditarem no Penta, sinceramente já tive mais esperanças, agora são nulas, apesar de ser ainda matematicamente impossível.

    Estava muito confiante para o jogo de hoje, mas é melhor talvez numa próxima vez, não ir com tanto optimismo e confiança, deve dar azar. O FCPorto de hoje, foi a equipa que nos tem vindo a habituar infelizmente, não nestes últimos jogos, mas no geral do Campeonato, aliás, este jogo é praticamente uma fotocópia do jogo da Luz, o resultado é que foi mais pesado.

    O Sporting entrou muito bem na partida, agressivo e a pressionar bastante, e aquele golo madrugador, com sorte à mistura em nada ajudou que o FCPorto tivesse capacidade para dar a volta por cima, e ainda hei-de confirmar se não há uma irregularidade no lance, porque penso que no momento do passe do Moutinho para o jogador do Sporting, esse mesmo estava fora-de-jogo. A terminar já a 1ª parte, a "machadada" que abalou imenso os jogadores.

    Na 2ª parte, logo a abrir, o Sporting faz o 3º golo, como é possível haver tanto espaço para o Liedson rematar ao poste, aquilo foi uma autêntica autoestrada, e no momento em que a bola vai ao poste, o Bruno Alves vira as costas à bola...

    E agora, o 2º lugar também se torna complicado de alcançar, o que significa que provavelmente para o ano estaremos a disputar a Liga Europa. Resta-nos agora continuar a trabalhar e não desarmar na (pseudo) luta pelo Penta-Campeonato, tentar atingir os quartos-de-final da Liga dos Campeões, competição essa que por este andar também não deslumbro grande futuro, é que o FCPorto nos jogos fora, há uma quebra significativa na equipa, principalmente nos jogos contra equipas fortes, e como se sabe, o FCPorto nunca ganhou em Inglaterra, apesar do empate a zero ou a um bastar, vai ser dificil manter essa vantagem na eliminatória. Quanto ás duas outras competições (Taça de Portugal e Taça da Liga), temos de as ganhar obrigatoriamente e este ano, dará mais gozo ganhar a Taça da Liga ao Benfica, do que ganhar a Taça de Portugal, que caso estejemos na final, será contra um adversário pouco cativante.

    http://dazuis.blogspot.com

    ResponderEliminar
  22. Sempre tive consciência das dificuldades que teríamos de enfrentar, face ao atraso considerável dos dois da frente, disfarçando, confesso, algum temor pela capitulação a cada jogo, atenuado é certo por resultados e exibições que a equipa, aqui e ali (Sporting para a Taça e Braga, na jornada anterior)ia desenvolvendo.

    Foi ainda assim, com indescritível desilusão que assisti ao desmoronar do sonho, que lá bem no fundo o meu fervor clubista ainda alimentava.

    Sem honra nem glória, são os termos exactos.

    Inconcebível a forma de actuar dos nossos atletas, subjugados do primeiro ao último minuto, impotentes para esboçar que fosse qualquer tipo de reacção, deixando a nu uma catadupa de fragilidades que tem apoquentado a equipa na maioria dos jogos disputados esta época, com excepção para uma meia dúzia de exibições à campeão.

    Incompreensível se atendermos às circunstâncias. O Porto vinha de um resultado gordo e uma exibição vistosa frente ao comandante do Campeonato, dando a ideia do reforço da sua candidatura ao título, enquanto o adversário, depois de batido copiosamente no Dragão para a Taça, tinha ainda contra si o esforço despendido a meio da semana na tarefa europeia.

    Intolerante, pela displicência, pela falta de raça, de ambição e solidariedade, em resumo pela falta de estofo de campeão, numa altura em que era obrigatório responder no campo às provocações e injustiças de que o Clube tem sido alvo.

    Estou na fossa!

    Um abraço

    ResponderEliminar