16 maio 2019

Pinto da Costa finito

Da entrevista tirou-se alguma coisa?
Nada. Dichote de padres e sacristia mas nenhuma solução, acção ou decisão/contestação.
Sempre ultrapassado pelos acontecimentos, avança continuidade do treinador, benquisto dos adeptos, para salvar a pele. Foi o do último título, o de mais um título roubado ao FC Porto, este, como poderia dizer outra coisa?
Acabado e arrastando o FC Porto num extertor miserável de sobrevivência milionária com os novos prémios da UEFA para a verdadeira, updated, reforma dourada.
Haverá portistas que aplaudem este bacoco e decrépito presidente que renova com um treinador sedento de títulos mas sem nada a opor às miseráveis arbitragens que decidem os campeões?
No sábado vão ao estádio criticar árbitros, aplaudir a SAD atavica ou só comer pipocas mesmo?
Há algum planeamento conjunto com o Sporting para contestar o miserável campeonato fraudulento a tresandar a encomenda que nem no antigo regime?
Na final do Jamor vão levar ainda com um PR bardamerdas e um PM badalhoco numa subserviência de outros tempos quando passam 50 anos da contestação estudantil a Salazar pela Académica?
Mas alguém faz alguma coisa?

Sem comentários:

Publicar um comentário