06 setembro 2010

Relkatório (Bo)Ronha (XIX): a Noruega e o bacalhau seco português

A provar que só há dois resultados no futebol, a vitória e a não vitória, como há bacalhau fresco tirado do mar e o seco e salgado à maneira portuguesa que faz muitos desconhecerem que tipo de bicho é aquele ao natural, o pitoresco 4-4 de Portugal com Chipre, em rescaldo, teve a seguinte abertura do noticiário da selecção na SIC durante todo o dia de hoje:

"Pior arranque não podia haver", como se Portugal tivesse perdido, a única forma de haver um "pior arranque" creio ainda ser a derrota e independentemente dos números. E, logo a seguir no tremendismo, a mesma peça indicava que "Portugal fica logo em posição delicada" no grupo, o que pode impressionar quem pense que se vai para o último jogo de apuramento, com a diferença de este ter sido apenas o primeiro.

Esta tralha, de um enviado-espacial desde Oslo, passou de manhã, à tarde e à noite, o que arrasta a incompetência por toda a estrutura hierárquica editorial da SIC sem alguém ter sugerido uma alteração mínima a estas bizantinices informativas desde o editor que primeiro terá visto de manhã a peça ao director de informação que a deixou entrar, à mesma, no jornal da noite.

Ao mesmo tempo, lá o Laurentino disse que, "não sendo adepto da técnica do 'achismo', porque eu não acho nada", acabou por dizer: "achei que não fomos felizes e achei que podíamos ter ganho" a Chipre. É uma forma sempre peculiar de futebolês governativo que não difere do português informativo acima plasmado e transmitidos em peças praticamente sucessivas em horário nobre televisivo.

É nestes entretantos e nestes infelizmentes, como diria o celebérrimo e saudoso (também ele adepto do chimarrão) Odorico Paraguaçu, que Portugal joga amanhã com a Noruega. A SIC, sempre avisada, lembrou-nos que Portugal ganhou sempre à Noruega em jogos oficiais. Mas, claro, também o tinha feito com Chipre e olha o que aconteceu.

Tirando aqueles a quem escapou que Chipre, na última época e em competição para o Mundial-2010, tinha ganho 4-1 à Bulgária e perdido 2-3 em Itália após vantagem de 2-0 até aos 78 minutos em Parma, juntam-se aqueles que nem sabem o que a Noruega tem feito e muito menos o salto que deu com o regresso do carismático Egil "Drillo" Olsen. Para o Euro-2008 a Noruega só falhou o apuramento por perder em casa com a Turquia quando lhe bastava o empate no último jogo. E, afastado depois o antigo internacional Hareide, dos tempos em que perdia sempre com Portugal, a chegada de Olsen deu logo isto:
1-0 na Alemanha, em amigável em solo alemão na estreia, em Fevereiro de 2009;
daí para cá juntou-lhe vitórias de 1-0 na Suíça, 1-0 na Eslováquia e 4-0 à Escócia;
as únicas derrotas da Noruega com Olsen - que antes tinha levado a Noruega ao Mundial-94 e 98 e ao Euro-2000 - foram com a Holanda, em jogo oficial de apuramento para o Mundial-2010 num grupo em que os laranjas venceram todos os jogos e chegaram depois à final de Joanesburgo, e com a Ucrânia no final da última época em jogo amigável.
Isto é só para avisar sobre o solo em que se pisa e onde a França foi a última a cair, em Agosto, na estreia de Laurent Blanc, com CQ, premonitoriamente, a ver na bancada do Ullevaal...
Se Portugal ganhar, como espero, parece que cumprirá a obrigação que advém do histórico anterior de êxitos; se não ganhar, o "Adeus Polónia e Adeus Ucrânia" começarão a ser aduzidos ao inevitável despedimento do seleccionador que tanto anunciam já para o dia de 5ª feira (ainda a SIC) como, segundo A Bola, só para depois de recebermos a Dinamarca, já agora adianto, no Dragão, em Outubro, pelas 20.45h, pelo que vi no site da UEFA e creio não ter sido ainda difundido em Portugal pela própria FPF.
O problema para amanhã não é Miguel Veloso, naturalmente, ocupar a vaga de Coentrão a lateral-esquerdo, mas se Nuno André Coelho será útil, pela altura, como trinco face ao jogo directo dos nórdicos e dos pinheiros da Escandinávia que têm na frente, apesar da aparente baixa de Carew a que se junta o poderoso esquerdino JA Riise também KO. Neste caso último, NAC tirará o lugar a alguém que deve ser Manuel Fernandes, pois Portugal não poderá ter o aventureirismo ofensivo de Guimarães, ainda que as falhas individuais defensivas, por muito que Bruno Alves queira repartir as culpas "na derrota de todos", tenham sido a marca de um jogo, de tal forma inesperada que escureceu o brilhante futebol de ataque produtor de quatro golos, duas bolas nos ferros, uma sacudida sobre a linha e mais um par de boas defesas do g.r. cipriota.
Mas como no futebolês só se olha para os resultados, isto é o que é e não pode ser diferente com gente assim.
Aos jogadores cabe ganhar e Portugal vai à Noruega como antes foi à Suécia e mereceu mais do que o 0-0 lá depois de perder em casa com a Dinamarca num dos maiores festivais de futebol ofensivo deste século só superados pelo desnorte de cobertura do meio-campo que ditou a derrota nos 5' finais de Alvalade com uma saída em falso de Quim, num canto, e um golo de chouriço nos descontos desviado num jogador português. Mas, como diz Carlos Manuel, o futebol é isto. Pois é, até tem dois resultados apenas e duas maneiras de ver o bacalhau, ao natural ou na seca.

3 comentários:

  1. Ze Luis, realmente as noticias nao so na sic como no resto dos canais portugueses e jornais, sao feitas por pessoas (supostamente profissionais) rascas.
    O que e' que tem contra Carlos Queiroz?? Nao entendo toda esta perseguicao. E' tudo tao mesquinho, tao estupido. A imbecilidade reina por todos os lados...
    E agora ja estao a julgar com antecedencia a saida do seleccionador e a colocar outros nomes como substitutos-tudo isto mete nojo!

    ResponderEliminar
  2. Saudações portistas,

    Convoco todos os portistas a irem ao blogue que vai ser mais um espaço de troca de ideias da nação portista na nova época 2010/2011 falo do blogue Alameda das Antas.

    Vão a alamedadasantas.blogspot.com ,sejam seguidores e ajudam divulgar o amor que temos pelo nosso querido Futebol Clube do Porto.

    Abraço portista.

    ResponderEliminar
  3. Zé Luis estas em grande ... depois do capitulo final do Relatorio (Bo)Ronha, penso que devias seriamente pensar em publica-lo em livro ...

    Um abraço

    http://fcportonoticias-dodragao.blogspot.com

    ResponderEliminar