06 abril 2015

Há só 4 anos: era isto e o 44 estava longe dos sonhos mais húmidos


 
A ironia é serem os figurões syrizas inspiradores da merda que resta por cá terem de pôr um Teixeira dos Prantos qualquer a contar o fadinho - isto se não mandar o Sócrates de turno dizer ao País que não há pasta e o socorro, inevitável, tem de vir de fora. Como sempre com o socialismo encartado de 40 anos de pobreza endémica e estrutural no Portugalório agora devoto das romarias a Évora.

Sem comentários:

Publicar um comentário