26 março 2015

Eu não sei... que mais te posso dar, um dia jóias noutro dia o luar... gritos de dor, gritos de prazer...

A "nuticia" da coluna à esquerda devia era ter um ponto de interrogação em cima. Jejus no PSG ou Barça?
Para já, os lugares não estão vacantes.
Apesar da quadra do sacrifício e do beato Jorge em campo.
Depois, era tão giro ouvir Jejus em espanhol, já nem digo catalã, ou em franciú, lá se fosse o inglês ele safa-se bastante bem, nem fica nada a dever ao pretuguês que desfaz alarvemente.
Ou, então, os "jornalistas e comentadores falam ... como se fossem bêbados".
Deve ser isso. Porque senão não teria piada alguma, vamos entrar na era da expiação dos pecados, mesmo àqueles que renegam uma, duas, três vezes - que o rei vai nu.
E por aqui me fico, bom fds e boa Páscoa se possível!
Aproveitem mais uma entrevista do grunho do carvalho ao Rascord: só podia, né? Logo numa altura em que nada tem para ganhar, só para falar. Deve ser a vertigem de subir ao 2º lugar. Parabéns aos primos. E saudações ao 44, cada vez mais carente de amigos que ficam lá longe e as romarias vão ficando caras...

Sem comentários:

Publicar um comentário