27 dezembro 2014

Ainda bem que Pinto da Costa não alinha em «palhaçadas»

Começou o ano de forma patética, acaba coberto de ridículo. Um 2014 à imagem da precariedade do presidente do FC Porto. Olha se alinhasse em palhaçadas...
 
Além da irrelevância institucional, empobrecendo a imagem do FC Porto, Pinto da Costa deu uma ideia clara da sua incapacidade em matéria económica, advogando "políticas" que arruinaram o País, secundando quem as protagonizou, temendo-se o risco próximo de tal noção debilitante fazer acabar com o FC Porto.
 
Os que apoiam a sua recandidatura perfilham a necedade patente no ex-vibrante, enérgico e estimulante líder portista, uma imagem de outro século.

Sem comentários:

Publicar um comentário